Arquivo da tag: windows 8

Microsoft mostra detalhes da redução do uso de memória no Windows 8

Um dos grandes sucessos do Windows 7 foi a promessa da entrega de menor uso de memória que seu antecessor, o Vista, e se mostrou até mais rápido.

E o Windows 8 pretende continuar essa ‘tradição’. Na conferência //build/, Steven Sinofsky, presidente da Divisão Windows, impressionou os participantes com uma screenshot com o gerenciador de tarefas rodando Windows 7 e Windows 8. O netbook, o mesmo usado na demonstração do pré-beta do Windows 7 há três anos, teve uma redução de quase 120 MB no uso de RAM.

A redução impressiona quando levado em consideração que o Windows 8 inclui o Microsoft Security Essentials integrado a um novo Windows Defender.

Entre as técnicas que a equipe da Microsoft utilizou para atingir essa redução elas estão:

Compartilhar porções de memória em diferentes processos: o gerenciador de memória do Windows tenta remover bloqueios do sistema de memória que já são duplicados em outros programas executados. As porções “únicas” de memória são aquelas relatadas no gerenciador de tarefas, na coluna “Memória”, dos Windows 7 e 8.

Colocar mais serviços carregamento sob demanda ou na inicialização manual: comparado com o Windows 7, os serviços Plug and Play, Windows Update, e User PnP Framework são carregados sob demanda no Windows 8. Ou seja, eles são ativados por um gatilho e continuam sendo executados para completar uma tarefa requisitada antes de serem desligados. O Windows 8 também tem novos serviços no novo suporte para o sistema operacional, mas eles são carregados sob demanda ou configurados para uma inicialização manual.

Mais detalhes podem ser vistos no blog Building Windows 8.

Informações originalmente publicadas em Neowin

Fonte: IMasters

Windows 8 vai montar imagens ISO nativamente

Em uma demonstração prévia de novos recursos do Windows 8, um engenheiro revelou algo que faz parte dos sonhos de usuários Windows faz séculos: o suporte nativo a imagens do tipo ISO. Ou seja, nunca mais será preciso instalar um aplicativo à parte para rodar aquela imagem como se fosse um DVD devidamente inserido no drive da máquina.

No novo Windows Explorer com interface Ribbon similar à do Office haverá a opção de acionar um arquivo ISO ou VHD diretamente a partir do aplicativo. Esses arquivos serão apresentados no Explorer como arquivo de imagem de disco (Disc Image File, na versão em inglês).

O funcionamento é simples: dois cliques no arquivo e ele é montado, como se fosse um DVD convencional. O “disco” também é exibido no Windows Explorer, dessa vez como se fosse uma mídia tradicional e física, embora esteja rodando a partir da imagem salva previamente.

Em versões anteriores do Windows seria necessário queimar o DVD com o conteúdo da imagem salva.

Os arquivos VHD são bastante comuns para armazenar imagens de sistemas operacionais. Já os arquivos ISO são vistos em sites de pirataria, contendo imagem de jogos e aplicativos cujo uso não foi devidamente comprado pelo usuário.

Fonte: IMaster

MS confirma a existência de uma app store no Windows 8

Depois de vários rumores, a Microsoft confirmou oficialmente a existência de uma app store para o Windows 8.

No blog B8, Steven Sinofsky, presidente da divisão Windows, indicou que há uma equipe oficial para a loja de aplicativos. A declaração é a primeira pública oficial da empresa sobre o assunto.

Entretanto, não há informações sobre como será a aparência da loja, como ela vai funcionar e se a Microsoft trará alguma inovação com o lançamento.

Fonte: Neowin.net

Mais HTML5 no segundo Platform Preview do IE10

A equipe do Internet Explorer anunciou o segundo platform preview para o IE10. Esta versão preliminar apresenta muitas novas funcionalidades, especialmente no suporte a novos padrões do HTML5, como CSS3 Positioned Floats, HTML5 sandbox e HTML5 Forms. Oferece também as novas APIs setImmediate e Page Visibility, além do suporte a scripts assíncronos. O IE10 usa a mesma engine para HTML5 apresentada recentemente nas demonstrações do Windows 8.

Algumas das principais funcionalidades apresentadas são:

  • Suporte aos Positioned Floats do CSS3: permite que um determinado conteúdo da página seja agrupado a outros elementos, colocando esse conteúdo em destaque;
  • HTML5 SandBox: recurso de segurança que previne comportamentos maliciosos de sites de terceiros, como interceptação de cookies, submissão de formulários ou redirecionamentos de página indesejados;
  • HTML5 Forms: validação básica para formulários HTML;
  • Suporte a Drag and Drop em HTML5;
  • API setImmediate, uma alternativa à API setTimeout com desempenho melhor, para quebrar em partes a execução de operações longas em JavaScript;
  • Media Query Listeners: permite executar um script em resposta a mudanças numa media query (por exemplo, para trocar uma imagem, usando uma versão com resolução mais alta ou mais baixa conforme o tamanho da janela);
  • Async Scripts: habilita o download assíncrono de scripts JavaScript, sem bloquear o download do conteúdo restante da página;
  • API requestAnimationFrame: nova API que permite criar animações mais suaves e eficientes;
  • Web Workers: cria containers para execução de JavaScript, de forma independente do código da página web.

Todas essas funcionalidades são explicadas, com demonstrações e exemplos no Platform Preview. O guia do desenvolvedor mostra detalhes sobre como acessar e testar os novos recursos do HTML5 e de tecnologias relacionadas.

Fonte: InfoQ