Arquivo da tag: smartphones

2011: ano de tuitar na nuvem e de buscar soluções de mobilidade

Empregos tradicionais estão com os dias contados, mas há muitas oportunidades para quem souber trabalhar estrategicamente com softwares sociais e computação móvel.

Por Computerworld/EUA
Preston Gralla

O profissional que trabalha na área de TI se acostumou a gastar muito tempo desenvolvendo habilidades específicas, como manipular cada peculiaridade de um servidor Exchange, realizar implantações e atualizações abrangentes em escala corporativa e gerenciar data centers.

No entanto, se todas as previsões para os próximos anos estiverem certas, ele pode começar a se despedir de todas essas atividades. O emprego de TI do amanhã terá foco em redes sociais, computação em nuvem e uso estratégico de smartphones e tablets. E isso acontecerá mais rápido do que a maioria pensa.

Um dos estudos que busca provar essa tese foi elaborado pelo IDC, e concluiu que a substituição das plataformas tradicionais de TI por todos esses novos modelos deve se acelerar em 2011. De acordo com o analista da consultoria Frank Gens, as tecnologias de transformação vão revolucionar toda a indústria, que buscará estar mais próxima da futura plataforma dominante.

Assustados, os profissionais tenderão a desacreditar essas tendências dizendo que não passam de rumores sem sentido. Em parte porque muitas tarefas serão eliminadas e porque isso implicará que, em 2011, os profissionais gastem mais tempo tuitando na nuvem. Mas a transformação será real. E isso é uma coisa boa: os profissionais devem se preocupar em ser mais estratégicos e gastar menos tempo adquirindo habilidades de apertadores de parafuso.

O IDC chama a nova plataforma da rede social como um conjunto de “softwares sociais de negócios”. Como qualquer um imagina, esse tipo de software tem mais a ver com o Twitter e o Facebook. A parte mais óbvia do uso dessas redes sociais pelas corporações será aquela  relacionada a clientes e parceiros de negócios, ou seja, no relacionamento com agentes externos. Mas a parte interna, de colaboração, compartilhamento de informação, busca de expertise em blogs, fóruns de discussões online e wikis, é o grande desafio. Os profissionais terão de desenvolver uma plataforma para isso. E mais: todas as comunicações externas devem estar integradas com as internas, gerando inteligência real.

Em um contexto de computação em nuvem, é esse tipo de atividade que causa mais impacto no cotidiano das pessoas, e que libera os profissionais de TI para pensar estrategicamente em como fazer com que as suítes de aplicações combinem com os objetivos de negócios.

Outro elemento da nova plataforma, a computação móvel, já chegou e deve ser mais dominante em 2011. De acordo com o IDC, nos próximos 18 meses smartphones e tablets venderão mais que PCs. E como essa tendência é irreversível, os dispositivos móveis serão a maneira principal de interação entre as pessoas e os recursos de TI da companhia. O trabalho dos profissionais de TI, nesse contexto, será o de fazer com que a mobilidade seja mais eficiente, produtiva e segura.

As mudanças podem ser assustadoras, mas há um lado bom mesmo para os profissionais: no futuro eles serão mais estratégicos e terão mais segurança no seu emprego. Isso acontecerá porque se é fácil substituir um apertador de parafuso, o mesmo não pode ser dito da substituição de um profissional estratégico, com conhecimento da cultura e do dia-a-dia da corporação.

Fonte: Computer World