Image Image Image Image Image
Scroll to Top

Topo

Serviços de Computação em Nuvem

14

jan
2012

Sem Comentários

Em Blog

Por Allison

Cloud Computing – Definição

Em 14, jan 2012 | Sem Comentários | Em Blog | Por Allison

A Cloud Computing ou Computação em Nuvem é a grande tendência da Informática e da Internet no momento. Computação em Nuvem é um conceito que se baseia na crença de que, no futuro, ninguém mais precisará instalar softwares em seu computador. Tudo será acessível como serviço da internet. Os softwares tornam-se serviços on-line acessíveis sob demanda levando assim a um novo paradigma da computação: Software como Serviço (‘Software-as-a-Service – SaaS’).

A tendência é, portanto, de usar computadores menos potentes ou outros dispositivos móveis como celulares, etc., desde que com acesso à Internet. Assim, o computador está se transformando em uma simples plataforma de acesso a aplicações, que estariam em uma grande nuvem – a Internet. O diretor executivo da Google Eric Schmidt afirma que o computador do futuro é a Internet.

Neste novo mundo da informática em nuvem, o usuário terá uma conta (nome de login e senha de acesso a um site) lhe possibilitando utilizar aplicativos em tempo real via internet. Assim, todos os dados e trabalhos realizados pelos usuários poderão ser armazenados na nuvem. O acesso podendo ser feito a partir de qualquer lugar do mundo. Os dados das caixas pretas das aeronaves, por exemplo, poderão ser armazenados em tempo real em discos virtuais ‘nas nuvens’. Isto acabaria com os problemas da perca ou danificação das caixas pretas, como foi o caso no acidente da Air France Rio-Paris.

O computador do futuro é, portanto, a Internet. Hoje, se tivermos um problema no nosso computador, corremos o risco de perder todo conteúdo. Porém, com a computação em nuvens, isto não acontece e nós não precisamos nos preocupar. Não importa se usamos o celular, o computador ou qualquer outro dispositivo móvel, tudo estará guardado na internet, na nuvem.

Em realidade, o conceito da computação em nuvem, que é baseado na transformação de softwares em serviços (SaaS), não é novo. Há uma analogia feita com a distribuição da energia elétrica. De fato, na época das gigantescas e famosas rodas de Burden (1851), utilizadas para geração de energia nos Estados Unidos usando a água dos rios, as casas e as indústrias eram responsáveis pela geração de sua própria energia o que limitava sua localização para ficar perto dos rios (fonte de energia), pois não havia, na época, tecnologia para transporte e distribuição dessa energia para longas distâncias. Meio século depois, e graças às invenções de Thomas Edson e à aparição das primeiras usinas de transporte e distribuição de energia (Edson General Electric etc.) as rodas de Burden deixaram de existir, e os donos de fábricas não precisavam mais se preocupar com a geração de energia já que esta se tornou um serviço fornecido por empresas especializadas. Assim, a Computação em Nuvem está sendo considerada hoje como a grande ferramenta de mudança, assim como a eletricidade foi para a revolução industrial.

Portanto, da mesma forma que estamos pagando para serviços como o do fornecimento da energia elétrica, da telefonia etc., pagaríamos normalmente para serviços de computação em nuvem. Basta ter cuidado com os aspectos da qualidade dos serviços oferecidos e com os problemas da segurança de dados.

Empresas como a Google e a Microsoft são as mais avançadas no desenvolvimento de tecnologias para computação em nuvem. O exemplo mais famoso da computação em nuvem é o serviço do e-mail (Gmail da Google, Hotmail da Microsoft, etc.). São serviços gratuitos, que não exigem de nós um software instalado em nosso computador e nem um disco para armazenar os e-mails. Basta termos acesso à Internet para lermos e enviarmos e-mails. Os serviços de e-commerce (Amazon.com, Mercado Livro etc.) são outro exemplo de computação em nuvem. A Google tem vários serviços de computação em nuvem como o Google Talk, Google Maps, Google Docs, DoubleClick e o iGoogle. A Microsoft também está fazendo um grande esforço neste ramo com o projeto arrojado Natal que fornece uma interface natural definindo um conceito revolucionário de jogos interativos. Recentemente, a empresa Adobe disponibilizou uma versão em nuvem de seu famoso software de tratamento de imagens Photoshop.

Assim, no mundo da Computação em Nuvem, pagaríamos apenas pelo uso do serviço e não seremos mais obrigados a comprar licenças de software que geralmente são muito caras para um uso que às vezes é instantâneo. É o advento, na área de Tecnologia da Informação –TI, do conceito de ‘Serviço sob demanda’ ou serviços na medida certa que está nos trazendo economia, conforto, e qualidade.

A Computação em Nuvem é mais uma evolução da tecnologia que deve ser utilizada a favor da humanidade. Ela é considerada hoje como a tecnologia ANYTIME (em qualquer hora), ANYWHERE (a qualquer lugar) e ANYTHING (qualquer serviço). Mas devemos nos preocupar que ela seja uma tecnologia ANYBODY (para todas as pessoas) e não apenas SOMEBODY (para algumas pessoas) promovendo de fato uma verdadeira inclusão social por meio da inclusão digital.

Assim, só por meio do investimento no conhecimento e pela definição de um ambiente favorável com a instalação de um Pólo de Software e de um Parque Tecnológico no Estado para que o Maranhão possa aspirar entrar neste mundo grandioso da TI e desenvolver tecnologias em Nuvem etc. Temos o potencial humano para enfrentar tal desafio desenvolvendo produtos e inovações que gerarão riquezas para todos os maranhenses.

Fonte: Dr. Sofiane Labidi/JornalPequeno

Tags | , , ,