Image Image Image Image Image
Scroll to Top

Topo

rede social

22

mar
2012

Sem Comentários

Em Blog
Redes Sociais

Por Allison

Como vincular a página do Facebook ao Twitter e vice-versa

Em 22, mar 2012 | Sem Comentários | Em Blog, Redes Sociais | Por Allison

Este é um guest post escrito por Dieggo Bezerra que administra o Conexão CL

Fonte: CriarSites


A presença de todos nas redes sociais já se tornou quesito obrigatório! Qual a primeira página da web que você abre assim que você se conecta na internet? E a segunda rede social?

Postar coisas no Twitter, para muitos já virou mais que um vício. É questão de ‘vida ou morte’! Se tem um celular com o chip da TIM e ao menos R$ 1,00 de crédito ativo, os adolescentes de hoje em dia só solta o celular quando descarrega E DESLIGA!

Entra em página, sai de página, vai ao Twitter, atualiza status, vai ao Facebook, atualiza o status novamente. Dá uma olhada no e-mail, vai aos sites de fofocas e descobre um ‘BAFON’ daquele cantor que ta na moda… CORRE pro Twitter contar pra todo mundo. Depois? CORRE pro Facebook e posta a mesma coisa!

Essa importância de ficar trocando informações constantemente, a cada minuto já virou hábito de muitos, e os programadores das redes sociais estão de olho nisso…

Vamos se dizer, como o Twitter não quer perder público pro Facebook e o mesmo pensa do mesma forma, as duas redes sociais disponibilizou a ‘vinculação’ de uma rede à outra.

Como assim?

Exemplo: Você está no site do Twitter e posta: “Preparando mais um artigo para meu blog. Aguardem aí pessoal, está vindo coisa boa!”

Com a conta do Twitter vinculada à sua conta do Facebook, tudo que você posta no Twitter vai pro Facebook e tudo que você posta no Facebook, vai para o Twitter. Com isso poupando seu tempo, carga da bateria do celular e facilita muito sua vida.

Vou te ensinar primeiro a vincular sua conta do Facebook ao Twitter:

01- Vá até a página que você administra e quer que as publicações delas vão para o twitter e clique em ‘Editar página’;

02- Na página que abrir, clique em ‘Recursos’ e depois clique em ‘Link your Page to Twitter’;

03- Nisso, outra página será aberta pedindo para que você faça loguin na conta do Twitter que você quer vincular;

04- Após efetuar login, autorize o Facebook a usar sua conta clicando em ‘Autorizar aplicativo’.

PRONTO! Sua página do Facebook já está vinculada com o Twitter e tudo que você postar na página será enviado automaticamente para o Twitter.

Vamos fazer isso agora ao contrário? Vamos aprender agora como vincular seu perfil do Twitter ao Facebook:

01- Faça o loguin em seu perfil do Twitter, clique em ‘Configurações’

02- Clique agora em ‘Perfil’ e em seguida role a página para baixo…

03- Clique em ‘Entre no Facebook e conecte suas contas’;

04- Uma nova janela será aberta. Faça o loguin em sua conta do Facebook e clique em ‘Iniciar sessão’.

PRONTO! Agora a sua página do Twitter está vinculada com a do Facebook!

Caso você queira que seus tweets seja publicados em alguma página que você administra ou é dono, marque a opção ‘minha página do Facebook’ e escolha a página.

Por fim clique em ‘Salvar alterações’.

Tags | , , ,

21

mar
2012

Sem Comentários

Em Blog
Redes Sociais

Por Allison

Twitter começa a usar SPDY do Google

Em 21, mar 2012 | Sem Comentários | Em Blog, Redes Sociais | Por Allison

Fonte: IMasters

Com informações de The H

O Twitter começou a usar o protocolo SPDY, do Google, para administrar as solicitações da web a partir de navegadores que entendem a alternativa para HTTP. Ainda que a novidade não tenha sido anunciada oficialmente, um engenheiro do Twitter postou um screenshot que mostrava que o protocolo estava disponível na API da rede social. O SPDY começou em 2009 como um experimento para acelerar a web ao usar só um requerimento ao invés de vários requerimentos HTTP. E, também, permitindo a criptografia a compressão por padrão. O Google introduziu o SPDY no Chrome e no Chromium e, depois, em vários outros sites da empresa.

O protocolo tem sido submetido ao IETF como um padrão futuro. O seu uso no Twitter é a primeira grande implementação fora do Google, além da Amazon que utiliza o SPDY na comunicação entre seus servidores e o Kindle Fire.

A maioria dos navegadores não mostra o uso do SPDY aos usuários, sendo assim, muitos o usam sem saber. Agora, graças ao plugin Chrome SPDY Indicator, já é possível saber quando o SPDY está sndo usado.

O Chrome, Chromium e o Firefox 11 são os únicos navegadores que suportam o SPDY até agora. O diretor de plataforma web da Mozilla, Chris Blizzard, disse que o Firefox 13 terá o protocolo ativado por padrão. Uma versão inspirada no Chrome SPDY Indicator já está disponível para o Firefox 11.

Tags | , , ,

27

jan
2012

Sem Comentários

Em Blog
SEO

Por Allison

5 Maneiras de divulgar seu website diariamente

Em 27, jan 2012 | Sem Comentários | Em Blog, SEO | Por Allison

Fonte: CriarSites

Tanto eu quanto você sabemos que é de extrema importância trabalharmos o SEO em nosso site, assim como precisamos sempre estar motivados para que assim possamos sempre escrever artigos de qualidade inigualável. Afinal o nosso objetivo maior é proporcionar maneiras para que a leitura de nossos artigos seja agradável, para consequentemente obtermos o sucesso.

O que não devemos nos esquecer é que não basta estar apenas bem posicionado nos mecanismos de busca ou apenas estar cadastrado neles. Temos uma obrigação diária de divulgar o blog de todas as maneiras possíveis e eficientes, desta forma tenho certeza absoluta de que irá lhe fornecer tráfego altamente qualificado.

1. UTILIZE SEU EMAIL PESSOAL

Quando estamos começando um novo projeto é de costume que não tenhamos muitos contatos, sendo assim a melhor forma de divulgar seu blog em um email é utilizando o pessoal. É comum que nós tenhamos algumas centenas de contatos adicionados, sendo assim, se 10% deles se tornarem fiéis leitores você já esta no lucro.

Uma ideia para divulgar seu blog no email é mandar algo parecido com email marketing, só que será apenas uma única vez, para todos os contatos que você possuir. Neste email é importante que você mostre seu projeto de forma clara e objetiva, só assim seus amigos irão se interessar. Quem sabe desse simples contato não apareça alguns novos leitores.

Tem que ter no email:

  • O que te levou a começar este projeto?
  • Até onde pretende chegar com seu projeto. Vai ser somente um passatempo ou vai realmente tratar seu blog como um negócio?
  • Qual sua intenção ao contatá-los? Eu aconselho que peça a eles para lerem alguns artigos e, caso gostem, subscrevam por RSS Feed.

2. UTILIZA TWITTER E FACEBOOK

Sem dúvidas as redes sociais estão em alta, e através delas você poderá angariar milhares de novos leitores, e conseqüentemente ganhar muito mais dinheiro com seu blog. Sendo assim é fundamental que você possua uma conta em ambas desde o começo de seu projeto.

No começo nunca será fácil de conseguir fãs e seguidores, mas ao invés de pensar “Nossa que difícil! Acho que vou desistir”, por que você não pensa “Nossa que difícil! É agora que vou ter a chance de provar que sou merecedor de milhares de fãs e seguidores”.

O que você tem que fazer é dar tempo ao tempo, e enquanto o tempo passa sua obrigação é escrever conteúdo de qualidade e, assim que postar cada artigo, você deverá na mesma hora divulgar os links no Facebook e no Twitter e assim mostrar seus artigos para o mundo. Nada vem de graça, tudo tem que ser batalhado. Lembrando apenas que acontece uma batalha de cada vez, não enfrente Inglaterra e EUA ao mesmo tempo, pois suas chances de perder serão

muito maiores. Em palavras mais simples: Dê um passo de cada vez, não se encha de coisas para fazer, pois assim só tenderá a ficar estressado e com isso vem a falta de motivação

3. GUEST POST É SENSACIONAL

Eu, para falar a verdade, nunca havia dado tanta importância para Guest Posts quanto dou agora. Há pouco tempo escrevi o artigo “4 Maneiras de Ganhar Dinheiro com um site ou blog” para o CriarSites.com, gerenciado por nosso amigo Celso Lemes. Para falar a verdade, minhas visitas diárias, ao menos nos dois dias posteriores aumentaram consideravelmente.

Claro que a quantidade de visitas que o Criar Sites recebe é muito favorável, mas é ai que você tem que aproveitar e escrever um bom artigo, só assim os leitores de lá vão visitar seu website. Além de aumentar meu número de subscritores, ainda houve uma queda na taxa de rejeição do Blog na Carteira e a porcentagem de novos visitantes aumentou drasticamente.

É por isso que te aconselho a rever seus conceitos sobre Guest Posts, assim como eu fiz. Você vai

ver que valerá apena.

4. AGREGUE VALOR AOS ARTIGOS DE OUTROS BLOGS

Quando alguém visita seu blog e comenta algo que agrega valor ao artigo você não fica feliz? A resposta obviamente é sim, então por que não retribuir já que você só terá a ganhar com isso?

Quando outro blogueiro comenta em seu website ele geralmente recebe visitas em troca. Quando você comenta em outros blogs a situação é a mesma, sendo assim, além de contribuir para uma melhora de qualidade no artigo você ainda recebe tráfego qualificado para seu blog.

Comentar em outros blogs é essencial tanto para gerar backlinks quanto para gerar amizades, algo de extrema importância quando almejamos um projeto de sucesso. Mais importante ainda é você escolher os blogs certos para comentar, visto que ao gerar tráfego de um blog sobre toalhas artesanais para seu blog que falar sobre críticas cinematográficas você só estará aumentando sua taxa de rejeição.

Procure comentar apenas em blogs do mesmo nicho de mercado que o seu. Comentários se fazem um ótimo meio de divulgação quando bem aplicados.

5. TENHA UM NEWSLETTER

É comum os blogueiros trabalharem com o RSS Feed sem a opção de envio por email ativado. Este é um erro que pode te prejudicar muito a curto, médio e longo prazo, visto que muitos blogs fazem o sucesso que fazem através de sua gigantesca lista de subscritores.

O número de pessoas que estão inscritas em sua newsletter equivale ao número potencial mínimo de pessoas que irão ler aquele determinado artigo, sendo assim é sempre bom ter a vista um ícone RSS para que seus leitores possam se inscrever e que você publique artigos regularmente, visto que se ficar muito tempo fora do ar eles cancelarão a subscrição.

COMO ATIVAR A NEWSLETTER NO FEEDBURNER

NÃO DESISTA DE SEU PROJETO, ELE TERÁ SUCESSO EM BREVE

Não desista de seu projeto, pelo menos não tão facilmente quanto milhares de outros blogueiros fazem dia após dia. Seja paciente e persistente que seus primeiros centavos vão chegar e, consequentemente sua motivação virá com tudo. Assim esse aglomerado de benefícios vai se transformando em uma gigantesca bola de neve que só tende a destruir os

obstáculos por você.

Já que a divulgação é algo que devemos fazer todos os dias, vou aproveitar para divulgar a pagina de fãs e o Twitter do Blog na Carteira para que você possa, gentilmente, curtir e nos seguir.

Este é um guest post escrito por Arlindo Armando que bloga no Blog na Carteira.

Tags | , , , , , ,

27

jan
2012

Sem Comentários

Em Blog
Redes Sociais
SEO

Por Allison

Engenheiros do Facebook e do Twitter lançam nova versão da busca social do Google

Em 27, jan 2012 | Sem Comentários | Em Blog, Redes Sociais, SEO | Por Allison

Com informações de G1

Fonte: IMasters

Engenheiros do Facebook, do Twitter e do MySpace se uniram para criar uma versão melhorada do Google, que inclui, em sua busca social, resultados das redes sociais mais populares da web. No início de janeiro, o Google anunciou uma versão mais social de sua busca, mas ela só disponibiliza resultados do Google+, a rede social da companhia.

“O quão melhor seria a busca social do Google se ele mostrasse todos os resultados da web? Criamos uma ferramenta que usa o algoritmo do Google para determinar qual conteúdo social deveria aparecer nos resultados”, diz a página do serviço conceito lançado, que pode ser acessado neste endereço: www.focusontheuser.org.

Os interessados em utilizar a nova versão da busca social do Google devem adicionar aos seus “Favoritos” do navegador um pequeno código disponibilizado no site. O código se chama Don´t Be Evil.

Dessa forma, ao fazer uma busca em Google.com, é possível clicar no favorito Don´t Be Evil e ver a versão com dados de mais redes sociais.

Tags | , , ,

19

dez
2011

Sem Comentários

Em Blog
Redes Sociais

Por Allison

Qual é a melhor forma de administrar uma fan page no Facebook?

Em 19, dez 2011 | Sem Comentários | Em Blog, Redes Sociais | Por Allison

O Facebook realmente chegou com força no Brasil e grande parte das principais marcas de nosso país já tem a sua página dentro desta que é a maior rede social do mundo.

Além dos diversos problemas que profissionais da área encontram para administrar fan pages, principalmente aqueles relacionados a migração de perfil para páginas e também os que se referem a perfis bloqueados, estes profissionais também tem algumas outras dúvidas que vamos tentar esclarecer aqui e agora.

Antes de começar o gerenciamento você precisa ter uma fan page e não um perfil. Certifique-se disto.

Um erro muito comum dentro do uso do Facebook como ferramenta de marketing é a utilização de perfil por empresas ao invés de usar a fan page, mais indicada neste caso. Inclusive, temos a ‘campanha’ #cadamacaconoseugalho destinada a este tema. Caso você ainda tenha um perfil, dê uma olhada nesta nossa página.

Por que usar fan pages? Porque elas são melhores (apesar do que muitos dizem). Primeiro porque elas não são proibidas, como os perfis, e portanto você não corre o risco de ser deletado/bloqueado apenas por existir. As fan pages tem ferramenta de análise, não apenas a do próprio Facebook, mas também de várias outras ferramentas de terceiros.

Enfim, se você quer mais motivos para usar uma fan page, acesse a página da nossa campanha.

Agora que você já tem a fan page. Quem vai administrar e ficar responsável por atualizar a página?

Esta questão é levantada sempre que uma empresa decide criar um perfil em qualquer mídia social. Essa é uma questão delicada, que neste caso você tem 3 caminhos:

  1. Terceirizar o serviço;
  2. Contratar alguém para ficar responsável;
  3. Fazer você mesmo;

A terceira opção apresentada aqui quase sempre é a pior, pois a pessoa geralmente não tem prática, conhecimento técnico suficiente e muito menos tempo para realizar tal tarefa. O resultado disso é uma presença falha, que não vai atrair muitos resultados para a empresa.

A segunda opção, de contratar alguém para ficar responsável, é uma questão complicada, mas que pode ser muito boa em alguns casos. Dependendo do tamanho da empresa e a da necessidade, este profissional vai poder fazer a manutenção das mídias sociais (no caso as fan pages), fazer monitoramento das mesmas e talvez algumas tarefas extras, mas tudo isto custa dinheiro e tempo, portanto nem sempre apenas uma pessoa irá conseguir fazer tudo ou mesmo fazer tudo com qualidade.

Contratar outra empresa para ficar responsável é uma das soluções mais interessantes, já que você não gasta o seu tempo – que pode ser utilizado de outras formas – e você consegue um serviço mais completo, que pode incluir o gerenciamento, monitoramento e etc. Por outro lado é preciso ter muito cuidado, porque SIM, existem muitos “charlatões” nesse mercado.

Quem vai ser o usuário “administrador” da fan page e quem vai ter acesso a ele?

Como já falamos em um post sobre perfis de empresas que foram bloqueados, o problema referente a “como administrar uma fan page” assombra muitos profissionais da área. Infelizmente trabalhar com esta parte não é fácil, e o Facebook não ajuda muito.

Para utilizar uma fan page você vai precisar ter um administrador, que deve ser um perfil (normal ou comercial). Já falamos um pouco melhor sobre isso neste post, dê uma olhada.

De forma resumida… Você tem 3 possibilidades para usar como administrador da uma página:

  1. Perfil Comercial, que até onde eu sei você só consegue criar se ainda não tem a fan page ou se faz a conversão de um perfil para a página. (este é o mais recomendado, se possível);
  2. Usar seu perfil. Você pode deixar o seu perfil pessoal e o perfil de outra pessoa (dono, por exemplo) como administradores da página. Desta forma você consegue acessar todos os dados facilmente e, caso aconteça, de você não precisar mais trabalhar para esta fan page, basta remover o administrador e deixar com outra pessoa;
  3. Perfil “falso”. Muitas pessoas não gostam de se envolver diretamente com trabalho neste sentido, então uma solução que fica acessível a todos é criar um perfil falso, mas como é contra as regras do Facebook, recomenda-se, caso vá fazer, tentar se parecer o máximo com uma pessoa de verdade, sem levantar suspeitas. Caso utilize esta forma, cuidado para não logar em muitos computadores diferentes, já que você pode passar o usuário e senha facilmente, pois você pode ter a conta bloqueada/suspensa por suspeita de ter perfil invadido;

Já foi definido quem vai fazer toda esta manutenção. Quais ferramentas eu vou precisar?

O gerenciamento de fan pages pode ser facilitado (e muito) com a utilização de ferramenta externas. Administrar de dentro do Facebook pode ser uma tarefa complicada, já que com aplicações externas você pode aproveitar muito melhor o tempo investido nisto.

Existem diversas ferramentas para gerenciamento de mídias sociais, como TweetDeck, Seesmic e etc. Mas neste caso seria interessante focar em ferramentas que tenham foco em empresas mesmo. Uma indicação minha seria a utilização do Hootsuite, uma das melhores ferramentas para gerenciamento. Gosto dele justamente por oferecer várias ferramentas e ter suporte para mais de uma ferramenta, podendo gerenciar mais fan pages e/ou perfis em outras redes sociais ao mesmo tempo.

Por que estas ferramentas são importantes? Justamente porque elas oferecem diversas funcionalidades que pode lhe ajudar, como visualização em multi-colunas, agendamento de mensagens, monitoramento, etc.

Ferramenta escolhida, agora como eu vou saber se estou tendo resultado?

Um lado importante da utilização de qualquer mídias social e ter a análise e mensuração que possibilitam que você conheça e saiba se o seu investimento está valendo a pena. Neste caso, recomenda-se sempre a contratação de profissionais da área, mas para algumas análises básicas existem diversas ferramentas gratuitas e pagas que podem lhe ajudar.

Uma ferramenta que já indicamos aqui no Midiatismo é o Crowdbooster. Existem outras centenas de milhares de ferramentas para esta área, tudo depende de quais dados são mais importantes para você.

Fonte: Dennis Altermann/Midiatismo

Tags | , ,

04

dez
2011

Sem Comentários

Em Blog
Redes Sociais

Por Allison

Tumblr – Micro Blogging + Rede Social

Em 04, dez 2011 | Sem Comentários | Em Blog, Redes Sociais | Por Allison

O Tumblr é um serviço que oferece uma mistura de micro-blog e rede social, para quem não precisa de muitos recursos ou que não tem ou não quer gastar seu precioso tempo customizando o blog. A principal ideia do Tumblr é criar um espaço onde as pessoas (leia-se blogueiro) possam publicar coisas interessantes (pelo menos para elas) que tem conhecimento, viram em algum lugar ou que acontecem em seu dia a dia, de forma simples e rápida.

Além de textos e imagens, o Tumblr permite publicar citações, vídeos, incluir uma área de conversação, músicas MP3, Vídeos, links rápidos e etc.

Outra característica importante do Tumblr é que ele também funciona como se fosse uma rede social, onde pessoas podem se conectar outros usuários para compartilhar suas atualizações, que são exibidas dentro do painel de controle do Tumblr.

Com exceção das imagens, sua estrutura minimalista, sua simplicidade e a possibilidade de se conectar com outras pessoas lembram muito o já consagrado Twitter. Falando nisso, você também poderá configurá-lo para se conectar ao seu perfil do Facebook e Twitter, desta forma suas atualizações no Tumblr serão publicadas automaticamente nestas redes sociais.

Como teste eu criei uma conta para mim no Tumblr, se quiser conferir e aproveitar para me seguir por lá, visite o http://celsolemes.tumblr.com/

Como participar do Tumblr

Para criar uma conta, basta acessar a página inicial do Tumblr, preencher os 3 campos com seu endereço de email, senha e nome desejado para seu novo blog que passará a ser algo como seunome.tumblr.com. Em seguida um email contendo um link de ativação será enviado para você. Clique no link dentro do email para ativar sua conta.

Para alterar o template e fazer algumas configurações no seu blog, você deve clicar no seu nome que aparece no topo do painel de controle. Em seguida você pode clicar em”Customize appearence” para editar o template e em “Settings” para fazer configurações gerais.

Fonte: Celso Lemes/CriarSites

Tags | , , , ,

03

dez
2011

Sem Comentários

Em Blog
Redes Sociais

Por Allison

Como Criar uma Fã Page no Facebook

Em 03, dez 2011 | Sem Comentários | Em Blog, Redes Sociais | Por Allison

O Facebook é uma rede social que vem crescendo a cada dia e já conta com a participação de mais de 30 milhões de Brasileiros, que o utilizam como uma forma de diversão, para aproximar as pessoas e também para divulgação de negócios, eventos, websites, imagem e etc.

Se você já o está utilizando ou ainda pensa em utilizá-lo para este fim, você pode aproveitar ainda mais o potencial do Facebook criando uma Fã Page, que servirá como um meio de manter as pessoas a par das novidades.

Confira a Página de Fã do Criar Sites no Facebook.

Como criar uma Fã Page

Para começar, logue-se em seu perfil no Facebook e em seguida acesse este endereço http://www.facebook.com/pages/create.php. Você verá uma página como mostra a imagem abaixo. Escolha a opção que melhor se encaixa com a ideia que você tem para sua Fã Page.

No caso do CriarSites.com eu escolhi a opção “Causa ou Comunidade“.

Preencha os dados e clique em “Começar“.

Feito isso, sua página de fãs já estará criada, mas ainda não estará totalmente acessível para o público. Você deve fazer as configurações básicas como adicionar uma foto, descrição e publicar algo no mural de recados.

Como trocar o endereço de sua Fã Page

Por padrão a URL de dua Fã Page vai conter alguns números, mas ele também permite alterar o final do endereço para algo mais sugestivo, como é o caso do https://www.facebook.com/criarsitessocial, no entanto esta opção somente está disponível depois que mais de 25 pessoas curtirem sua fã page.

Se este for o seu caso, clique no botão “Editar” que aparece no canto direito superior e clique no link que aparece no campo “Nome de usuário“.

Divulgue sua nova Fã Page

Depois de pronto, chegou a hora de começar a divulgar sua Fã Page. Se você tiver um site ou blog, poderá adicionar um Like Box, que é uma caixa que mostra uma foto das últimas pessoas que curtiram sua Fã Page.

Fonte: Celso Lemes/Criar Site

Tags | , , ,

21

ago
2011

Sem Comentários

Em Blog

Por Allison

Seis ferramentas para domar o Twitter

Em 21, ago 2011 | Sem Comentários | Em Blog | Por Allison

Gerenciado de forma eficaz, o microblog pode ser um recurso valioso.

O Twitter pode ser uma poderosa ferramenta de negócios, além de também uma valiosa fonte de informações. Mas se não for gerido de forma adequada, pode tornar-se rapidamente um sorvedouro de tempo e produtividade, diante do trabalho de busca por pepitas de informação útil na mina de ouro formada na montanha diária de dados que trafegam no serviço. Felizmente, há uma variedade de ferramentas que você pode empregar para ajudar sua empresa a gerenciar o Twitter e isolar o ruído.

Este artigo lança um olhar sobre seis dessas ferramentas e examina o que têm a oferecer para ajudá-lo a gerenciar com eficiência o fluxo de informação na rede social. (Nota:. Clientes de Twitter, como o TweetDeck ou o HootSuite, também contêm algumas funções de gerenciamento. Mas este artigo incide especificamente sobre a versão Web).

:: MarketMeSuite

Preço: US $ 5.99/mês ou US $ 34.99/ano

O MarketMeSuite pode ser configurado para segmentar os usuários do Twitter com base no idioma e localização, para que você possa filtrar os seguidores que não são susceptíveis de se tornarem seus clientes; rastrear conversas no Twitter com base em palavras-chave para que você possa se manter atento a temas relevantes para o seu negócio; e enviar um e-mail quando sua marca ou produto é mencionado no Twitter, permitindo que você seja envolvido na conversa e responda rapidamente a qualquer comentários negativo.

Permite ainda agendar a publicação de tweets. Mas carece de alguns dos relatórios e análises oferecidos por um produto similar, o Sendible.

:: Nimble

Preço: Grátis (pessoas físicas); US$ 10/user/month (contas corporativas)

O Nimble permite visualizar todas as suas comunicações e interações com um contato específico. Você adiciona suas contas de e-mail, Twitter, Facebook e LinkedIn e, a partir daí, pode ver todas as mensagens e atualizações de status em um fluxo único. Muitos acham que essa concentração é útil para monitorar todos os seus serviços de uma só vez. Na minha opinião, tem um grande potencial para ampliar o ruído, em vez de de reduzir.

Faltam alguns recursos avançados de gestão e funções para métricas presentes em outras ferramentas, mas sua simplicidade, a maneira que permite que você acompanhe seus contatos diversos e me leva a recomendá-lo.

Ele acrescenta valor quando você tem uma equipe trabalhando com redes sociais para vendas ou marketing, já que permite que você selecione mensagens individuais ou atualizações de status . Pode ser usado também como base para a atribuição de tarefas – por exemplo, se um cliente twittou sobre um problema com seu produto, você pode atribuir a membro da equipe a tarefa de acompanhamento.

:: Sendible

Preço: R $ 9.99/mês para a versão Solo; $ 19.99/mês para a Marketer; $ 49.99/mês para a Negócios; e $ 99.99/mês para a Empresas

Uma das ferramentas mais completas disponíveis para gerenciar a atividade de redes sociais é o Sendible. Oferece ferramentas para envia atualizações e comunicações através de uma ampla variedade de serviços, incluindo o Twitter, o Facebook, o LinkedIn, e-mail e muito mais. Para o Twitter, o Sendible tem uma ampla gama de ferramentas para monitoramento de contas, geração de métricas e relatórios de acompanhamento.

Uma vez adicionada a sua conta do Twitter no Sendible, você pode twittar de imediato, agendar tweets, selecionar tweets para sejam repetidos em intervalos determinados e determinar o envio automático de uma mensagem de boas-vindas a qualquer usuário do Twitter começar a seguir a sua conta.

Além de companhar as mensagens, permite ainda monitorar quantas vezes os links compartilhados através deles foram abertos. Outro recurso bem interessante é a possibilidade de seguir automaticamente contas do Twitter com interesses similares.

Também oferece ferramentas para monitorar como sua empresa ou seus produtos ou serviços estão sendo citados no Twitter e outras redes sociais (usando um mecanismo de análise de sentimento para encontrar menções positivas e negativas), e priorizar as mensagens que você deve responder. Mas senti falta de um recurso presente no TweetAdder e no MarketMeSuite, que permite deixar de seguir automaticamente contas improdutiva.

:: TM & Tap11

Preço: Em pré-lançamento Preço não definido

Esta ferramenta é mais focada em análise do qualquer uma das outras citadas aqui. A Tap11 permite que você monitore o para ouvir o que está sendo dito sobre sua empresa, controlar o a exposição e alcance dos seus tweets e descobrir que contas do Twitter exercem influência dentro de sua indústria. É possível também definir o recebimento de alertas por e-mail sobre notícias relevantes para os seus produtos ou serviços.

Eu realmente gosto das ferramentas de análise e geração de relatórios da Tap11. Você pode enviar a mesma mensagem com palavras diferentes ou em diferentes momentos do dia, e monitorar para ver quais tweets vão obter o máximo de exposição. Informações como esta podem ajudá-lo a otimizar seus esforços de social media marketing. Mas não é tão robusto quando se trata de recursos para a gestão – adicionar ou parar de seguir – de contas no Twitter.

Como muitas das outras ferramentas aqui analisadas, a Tap11 permite que você trabalhe com o Twitter de forma mais eficiente, permitindo que você agende a publicação de tweets.

Uma vantagem Tap11 tem sobre a maioria dos produtos concorrentes é a integração móvel. Sendible tem o seu aplicativo para o iPhone, mas Tap11 tem aplicativos para iPhone e BlackBerry.

:: TweetAdder

Preço: US $ 55 / 1 perfil; US $ 74 / 5 perfis; US $ 110/10 perfis; US $ perfis 188/ilimitado

O TweetAdder fornece umaampla variedade de ferramentas para gerenciar e racionalizar a atividade da empresa no Twitter. Entre ela, a automatização de tweets, retweets e respostas. Também permite seguir automaticamente contas de terceiros com base em uma ampla variedade de fatores. Você pode seguir automaticamente as contas com base em interesses ou palavras-chave, usuários que seguem uma conta específica, ou seguir de volta contas do Twitter que comecem a seguir você. Se houver listas do Twitter que você gostaria de seguir, você também pode automatizar a adição de contas da lista para a sua lista de contas no Twitter.

Esta abordagem tem prós e contras. Enquanto você pode aumentar o número de contas a seguir, você também pode acabar seguindo centenas, milhares de contas do Twitter que você não está realmente interessado, e que não tenham nenhum interesse real em seu produto ou tema.

Em compensação, o TweetAdder também permite que você deixe automaticamente de seguir contas que não estão seguindo você de volta. Você também pode criar uma “lista branca” de contas do Twitter que estão fora dos limites para parar de seguir, ou seja, aqueles que você quer seguir independentemente de segui-lo de volta ou não.

Para cada uma das várias ferramentas do TweetAdder, você poderá controlar quantas vezes o serviço automatizado funcionará, quantas contas poderão ser seguidas ou deixar de serem seguidas em uma determinada sessão, e até o número máximo de unfollows por dia.

Há versões TweetAdder para Windows, Mac OS X e Linux (o cliente Linux é uma versão beta).

:: TweetRoost

Preço: Grátis (até 3 contas); US $ 14.95/usuário/mês (até 25 contas por usuário)

TweetRoost permite monitorar, salvar, classificar, analisar e agendar o tráfego do Twitter de até 25 contas

Se comporta como uma típica aplicação cliente Twitter. Exibe o seu fluxo padrão com as atualizações de status a partir das contas que você segue, juntamente com uma caixa na parte superior onde você pode adicionar suas próprias atualizações.

No topo da página há um campo para pesquisar no Twitter. O TweetRoost permite que você salve suas buscas e monitore continuamente os termos de busca de novas atualizações. Este pode ser um excelente método de rastreamento de feedback e comentários relacionados à sua empresa ou produtos ou serviços específicos.

Duas coisas me chamaram a atenção: sua habilidade para salvar tweets e sua integração com Klout. O Twitter é um meio dinâmico, existe um volume tão elevado de tweets que os antigos desaparecem rapidamente. O TweetRoost permite que você mantenha o seu próprio banco de dados local de tweets, mensagens mencionadas e diretas em um banco de dados , pesquisáveis por quanto tempo quiser.

O Klout é um site que classifica o alcance das suas redes sociais com uma pontuação Klout. É uma ferramenta simples, mas eficaz para controlar como os seus esforços de redes sociais quando se trata de estabelecer sua marca e influenciar seguidores. Sua pontuação Klout pode ser integrada em sua análise TweetRoost e em seus relatórios.

Em resumo

Quando se trata de simplesmente gerenciar sua conta no Twitter, minimizando o ruído para que você possa se concentrar no tweets importantes – ou pelo menos relevantes – o TweetAdder sobressai. É o que oferece melhor relaçao custo/benefício.

No entanto, para uma aplicação mais abrangente, que forneça uma caixa de ferramentas sofisticadas para o gerenciamento de mídia social em geral, minha recomendação é a Sendible. É uma espécie de canivete suíço para o marketing de mídia social, que transforma a comunicação com clientes ou seguidores em um processo mais ágil e eficiente, além de fornecer relatórios e análises para ajudá-lo a descobrir o que funciona e o que não funciona.

Minha única reclamação sobre Sendible é o preço. Se você quer uma plataforma mais barata para o gerenciamento de redes sociais, o MarketMeSuite é uma ferramenta muito capaz.

Fonte: CIO

Tags | , , , , , , , , , , ,

04

ago
2011

Sem Comentários

Em Blog

Por Allison

Foursquare facilita a criação de páginas corporativas

Em 04, ago 2011 | Sem Comentários | Em Blog | Por Allison

Páginas corporativas no Foursquare já existem cerca de um ano e meio, mas ontem a rede social de geolocalização anunciou que tornou mais fácil a sua criação.

A partir de agora, as empresas não precisarão mais trabalhar com a equipe de desenvolvimento do Foursquare para criar suas páginas na rede social – elas poderão fazê-las sozinhas.

A mudança permite múltiplos gerenciadores e atualizações mobile. As novas páginas serão incluídas na Page Gallery, que contém aproximadamente 3 mil páginas ativas.

Fonte: Search Engine Land

Tags | ,