Image Image Image Image Image
Scroll to Top

Topo

rails

10

abr
2012

Sem Comentários

Em Blog
Rails
Ruby

Por Allison

Puma, novo servidor web para Ruby, é disponibilizado

Em 10, abr 2012 | Sem Comentários | Em Blog, Rails, Ruby | Por Allison

Fonte: IMasters

Com informações de The H

A especialista em Ruby on Rails Platform-as-a-Service, Engine Yard, divulgou um novo servidor web para Ruby, que recebeu o nome de Puma. De acordo com seus desenvolvedores, o Puma foi criado como uma alternativa para WEBrick e Mongrel, e foi construído para ter melhor desempenho e para lidar com concorrência.

A novidade trabalha com qualquer aplicativo que suporte a interface Rack, além de processar requisições usando o Ragel, uma extensão otimizada em C, que oferece rápida análise do protocolo HTTP 1.1, atrás do qual oferece a solicitação em uma thread a partir de uma pool de threads. O Puma foi feito para ser um servidor “go-to” para Rubinius, e também trabalha com JRuby and Ruby MRI.

Mais informações sobre o Puma, incluindo um guia e benchmarks, podem ser encontrados no site do projeto e neste link. O código fonte do novo servidor web está hospedado no GitHub.

Tags | , , ,

10

abr
2012

Sem Comentários

Em Blog
CSS
Rails
Ruby

Por Allison

Como gerar gráficos no Rails com o CSS Graphs

Em 10, abr 2012 | Sem Comentários | Em Blog, CSS, Rails, Ruby | Por Allison

Fonte: Samuel Vinicius/IMasters

Post Original http://nubyonrails.com/pages/css_graphs

O CSS Graphs é um bom plugin para quem deseja gerar gráficos no Ruby on Rails usando apenas CSS. Para quem ainda tem alguma dúvida, veja como utilizá-lo:

Instalação

./script/plugin install http://topfunky.net/svn/plugins/css_graphs

Como usar

Para usá-lo, o seguinte código basta:

<%= bar_graph  [ ['Rails', 24],
                    ['Open', 9],
                    ['Css', 81],
                    ['Gráficos', 57],
                    ['Samuel', 42]] %>

Ou:

<%= complex_bar_graph  [ ['Rails', 24],
                  ['Open', 9],
                  ['Css', 81],
                  ['Gráficos', 57],
                  ['Samuel', 42]]%>

Tags | , , , ,

14

mar
2012

Sem Comentários

Em Blog
Ruby

Por Allison

IDEs para Ruby, um resumo das novidades

Em 14, mar 2012 | Sem Comentários | Em Blog, Ruby | Por Allison

Fonte: Mirko Stocker/Robison Tesini/InfoQ

A JetBrains lançou uma nova versão de sua IDE para Ruby, o RubyMine 4. O foco de versão anterior, 3.0, estava no suporte a Rails 3, cobertura de código e melhoria de depuração. O RubyMine 4 tem desempenho melhorado e aperfeiçoamentos em várias áreas. Do release notes:

A nova arquitetura da IDE permite que ações sejam executadas assincronamente para evitar bloqueios de memória. Por exemplo, a funcionalidade de inspeção de código (Inspect Code) agora roda até quatro vezes mais rápido. […] A interface do RubyMine foi reestruturada significantemente para ficar mais compacta, moderna e confortável no suporte a todas as plataformas. O menu principal foi reorganizado, um novo visual para a barra de navegação, abas de edição foram melhoradas e mais.

Outra área que recebeu muita atenção nesta versão é análise estática e a navegação pelo código fonte. Por exemplo, a relação entre as classes pode ser mostrada em um diagrama UML; uma visualização de Estrutura e Hierarquia mostra subtipos e métodos herdados; e a complementação de código e a navegação agora funcionam também com Gems com extensão nativa.

A inspeção de código também foi melhorada, códigos que não seguem o Guia de estilo Ruby são destacados e acertos rápidos podem ser utilizados para corrigir inconsistências; e o novo método de refatoração inline substitui uma invocação de um método pelo corpo desse método. O blog do RubyMine posta regularmente dicas sobre como utilizar a nova IDE de maneira mais produtiva e é um ótimo recurso para iniciantes.

Além do Ruby, o RubyMine vem com suporte a outras linguagens e dialetos como CoffeeScript, HAML, SCSS e LESS. Código em CoffeeScript agora pode ser compilado para JavaScript diretamente na IDE.

O RubyMine está disponível em uma edição de avaliação de 30 dias. Licenças profissionais custam USD$149, e licenças pessoais estão disponíveis a USD$69. Projetos de código aberto ou usuários educacionais podem solicitar uma licença gratuita.

Ruby de volta ao NetBeans

Os usuários do NetBeans, do qual o suporte oficial a Ruby foi interrompido no ano passado, ficarão aliviados em saber que Tom Enebo, do time do JRuby, lançou uma versão preview para o NetBeans 7.1 com atualizações no suporte a Ruby. Tom falou sobre a razão de o antigo suporte a Ruby do NetBeans 7.0 não funcionar mais no 7.1:

O NetBeans 7.1 atualizou alguns componentes, e um destes componentes foi o html.editor.lib. O suporte a Ruby era dependente da versão 1, porém o NetBeans 7.1 agora inclui somente a versão 2.

O trabalho de Tom Enebo soluciona parte desse problema e já torna possível programar em Ruby com a versão mais recente do NetBeans.

Tags | , , , , ,