Arquivo da tag: pesquisas

Dicas de SEO ( seja amigo do google )

1. Centralidade no conteúdo

A qualidade dos artigos e textos que você publica em seu blog são praticamente a coisa mais importante para uma indexação eficiente e para garantir que qualquer técnica funcione bem e funcione a longo prazo.

Isso porque, os algoritmos dos robôs de indexação das buscas vasculham a internet, antes de mais nada por palavras-chave dentro de seu blog e como elas estão relacionadas com todas as partes, uns com os outros artigos. Também as pessoas, os outros blogs e sites, ao lerem seu conteúdo o considerarão relevante e vão linkar seu blog, indicando seus artigos ou recomendando seu blog. Este é outro fator importante para os robôs: os links são interpretados como votos, o que melhora a sua classificação.

E, o mais importante, quanto mais tempo as pessoas passarem dentro de seu blog e visitarem o maior número de páginas, os robôs vão interpretar isso como um bom sinal de que seu blog tem conteúdo relevante para quem o visita.

2. Esteja sempre um passo à frente

Quanto mais antenado e dedicado você estiver sobre o seu assunto especifico, mas rápido você encontrará as informações que julgar relevantes para quem lê seu conteúdo. Assim, tente sempre antecipar ao máximo a publicação do que pode ser útil e/ou interessante para o seu público alvo, dentro de seu nicho.

Ninguém gosta de blogs desatualizados nem de notícias velhas. E você só vai conseguir estar entre os primeiros a publicar o que seu público quer ler, quando estiver dedicado a ler mais e mais e pesquisar sempre mais. Use Feeds para receber atualizações de seus sites preferidos e redes-sociais como o Twitter, seguindo as pessoas certas e da sua área de interesse para sempre saber o que está se lendo e trocando informações.

Sem contar que, estar entre os primeiros a postar sobre certos assuntos e com atualizações constantes e rápidas, os robôs das buscas voltarão cada vez mais rápido para verificar seu conteúdo.

3. Crie títulos eficientes

Antes de pensar no título de um artigo, escreva ele todo antes. Depois veja quais são as palavras-chave mais relevantes para aquele conteúdo e como as pessoas vão pesquisar para encontrar do que aquele artigo trata. Isso se deve ao fato de que os títulos são a parte mais importante de um conteúdo e é o primeiro lugar onde os robôs vão procurar pelas palavras-chave. Também os títulos é que se tornam a URL de uma página de artigo.

Também lembre-se de, sempre que possível e dependendo do tamanho dos artigos, de usar subtítulos e com destaques do tipo Negrito ou com uma letra e cor diferenciadas do corpo do texto. O que há em destaque dentre dos textos também é percebido mais rapidamente pelos robôs. Sem contar que isso mostra organização das idéias e facilita a leitura de seu visitante.

4. Destaque as palavras-chave

Completando a dica anterior, dê destaque às palavras-chave de seus artigos especialmente quando elas se ligam a outros artigos ou Marcadores de seu conteúdo. Nunca use imagens em lugar dessas palavras para destaca-las já que robôs não lêem imagens, mas apenas palavras.

Isso também mostra, não só aos robôs, mas às pessoas como o seu conteúdo é abrangente e coerente. Os links internos, usando palavras ou títulos, mostram por onde se pode navegar em sua página para continuar aprofundando aqueles temas e evita que certos conteúdos fiquem esquecidos em páginas profundas. Garante inclusive que as pessoas naveguem mais tempo por suas páginas e, como já disse antes, melhora seus números com relação à taxa de rejeição.

5. Link para seu próprio conteúdo

Agora de forma mais direta. Tenha links apontando para suas páginas e conteúdos internos. Seja na barra lateral com menus de arquivo, indicação de artigos mais lidos ou mais comentados, é importante que você mostre a co-relação que existe entre seus artigos. Mesmo que seja apenas uma indicação ao final de cada artigo, coloque uma lista de assuntos relacionados, recomende leitura e convoque seus visitantes à ação, seja para assinar seu Feed, fazer pesquisa, deixar um comentário ou continuar lendo algo mais.

Os robôs vão vasculhar suas páginas como se a primeira página fosse um mapa. Se um conteúdo não estiver ligado de alguma forma às outras páginas de seu blog, essa página não será incluída no índice e se perderá.

6. Link para fora do seu blog

Mostre que seu blog ajuda as pessoas a encontrar assuntos relacionados às suas buscas. Sempre que possível aponte para páginas externas ao seu blog, mas que tratam do mesmo tema e que complementam o assunto. Isso enriquece seus artigos, pois mostra coerência e dá credibilidade ao indicar que essa não é apenas a sua visão, mas a opinião de outros também.

É importante por indicar que seu blog está ligado ao tema de outros e mostra sociabilidade ao compartilhar informações, sem isolar o seu blog do resto do mundo. Os sites e blogs indicados irão visitar você e, eventualmente poderão linkar de volta (e já mostramos a importância de receber links). As pessoas também verão seriedade em seu trabalho e como você está ligado ao que outros fazem.

7. Leia as dicas da Google

Existem milhares de “técnicas” que todos os dias vão surgindo da imaginação dos que se dizem especialistas no assunto de SEO. Mas para se saber o que realmente funciona e para que outras funcionem bem é importante conhecer as “regras” da Google sobre o assunto para não cair em armadilhas e não ser penalizado por fazer uso indevido dessas técnicas. A Google não admite tentativas de fraude e está sempre desenvolvendo seus algoritmos para evitar trapaças. Por isso criou um manual.

8. Leitores geram mais leitores

Essa não é bem uma dica de SEO, mas é o objetivo de todo blogueiro ao produzir conteúdo. Queremos que mais e mais pessoas leiam o que estamos publicando. Queremos ser reconhecidos pelo que fazemos e que as pessoas vejam valor no que é feito. É preciso fidelizar seus visitantes e isso só se faz quando seu pensamento está firmemente focado em responder à demanda de seu público.

Preocupe-se em escrever um blog voltado para as pessoas e não para as máquinas. O maior erro de um SEO é querer pensar apenas nos robôs e nos algoritmos. Mesmo criados por humanos, são apenas “máquinas”. Pessoas é que devem considerar seu conteúdo relevante e é com elas que você deve querer relacionar-se.

Concluindo

Como um blogueiro, o seu trabalho é prover o melhor conteúdo para o seu público alvo e estar focado em seu nicho, lendo mais, estudando e aprofundando cada vez mais. Oferecer o melhor para que as pessoas voltem e você seja considerado relevante para quem lê e chega até você.

Qualquer técnica de SEO é menos importante que as pessoas que vão buscar o seu conteúdo e é a elas que você tem que querer agradar. Isso trará satisfação para o seu trabalho. Se você só estiver preocupado com o Pagerank de suas páginas ou se seu blog está no topo das redes-sociais ou dos mecanismos de nada valerá se os visitantes chegarem até seus artigos e forem embora pela mesma porta que entraram.

In Ferraments Blog, por Marcos Lemos.
Fonte: http://www.blogmidia8.com