Image Image Image Image Image
Scroll to Top

Topo

blog

18

maio
2012

Sem Comentários

Em Blog

Por Allison

Utilizando corretamente Marcadores no Blogger

Em 18, maio 2012 | Sem Comentários | Em Blog | Por Allison

Fonte: GerenciadoBlog/Adelson Smania

Os marcadores dos artigos são extremamente importante. Utilizando-os de forma correta, você conseguirá apresentar ao seu leitor outros artigos tratando o mesmo tema, facilitando a localização de outros artigos que possam interessar a ele. Apesar de se tratarem de um conceito simples, há alguns aspectos importantes que você pode seguir para tornar os marcadores ainda mais eficiente. Neste artigo, você encontrará dicas importantes para dominar o seu uso correto.

Introdução

Independente da experiência que você tem com blogs, já deve ter notado que é possível definir “Marcadores” ou “Categorias” para os artigos que você escreve. Veja, por exemplo, o ponto que destaquei no último artigo que escrevi aqui no Gerenciando Blog:

Quem lê essa informação, sabe que esse artigo é referente a uma promoção. Ao clicar no marcador, ele será levado para o endereço http://www.gerenciandoblog.com.br/search/label/promoções, onde poderá ler todos os artigos que já escrevi sobre esse tema. É uma forma simples para o visitante encontrar outros artigos sobre o tema que está lendo.

Você não é obrigado a utilizar marcadores – embora eu recomende que você os utilize em todos os seus artigos. Você pode associar um ou mais marcadores a cada artigo, dependendo de sua necessidade.

Ao longo deste artigo, você verá orientações simples para utilizar os marcadores da forma correta e mais eficiente possível.

1. Como associar marcadores a um artigo?

Utilizar um marcador é muito simples. Basta que, ao escrever um artigo, você defina quais são os marcadores que estarão associados a ele.

No Blogger, isso é feito diretamente no editor de artigos. Basta você clicar na opção “Marcadores”, na barra lateral direita.

Será aberta uma caixa onde você pode digitar os marcadores desejados ou simplesmente clicar nos marcadores existentes para que eles sejam utilizados. Se você for utilizar mais de um marcador, eles devem ser separados por vírgula. Não devem ser utilizadas outras pontuações (como ponto final, ponto e vírgula etc.), pois elas serão entendidas como parte do texto. Após escolher os marcadores desejados, basta clicar no botão “Concluído”.

Se você utiliza o Windows Live Writer para escrever seus artigos, verá que os marcadores são chamados de “Categorias”. A utilização é feita de forma um pouco diferente. Você deve clicar na caixa “Definir categorias” e marcar as categorias desejadas para seu artigo.

Tanto no Blogger quanto no Windows Live Writer, você pode adicionar um novo marcador ao escrever um artigo. Ele será automaticamente adicionado à lista dos marcadores disponíveis quando você for escrever seu próximo artigo.

2. Como definir os marcadores que você utilizará em seu blog?

Este é o ponto mais importante para trabalhar bem com marcadores. Deve-se tomar cuidado para não escolher marcadores genéricos demais nem específicos demais. Tomando como exemplo o próprio Gerenciando Blog:

  • Um marcador chamado “Dicas” seria uma má escolha por ser muito genérico, pois haveria centenas de artigos que receberiam esse marcador, por se um dos temas principais do blog. Se um visitante visitasse essa categoria, dificilmente encontraria o que procura.
  • Já um marcador chamado “Wufoo” seria ruim por ser específico demais. Até hoje, escrevi um único artigo sobre esse serviço específico, e esse marcador dificilmente seria utilizado em artigos futuros.

Uma boa ideia para você definir bem os marcadores necessários ao seu blog é revisar os seus artigos (inclusive aqueles que você planeja escrever) e anotar quais seriam os marcadores úteis para eles. Uma boa forma para fazer isso é utilizando uma planilha Excel, em que você liste seus artigos na primeira coluna e os possíveis marcadores nas demais colunas. Dessa forma, basta você marcar um “X” nos marcadores para cada artigo. Ao final, você terá a visão da quantidade de vezes que cada marcador foi utilizado.

É uma planilha bem simples, mas você pode clicar na figura acima caso deseje fazer download para utilizá-la para planejar os marcadores de seu blog.

Ao final, compare o número de vezes que cada marcador foi utilizado com o seu total de artigos. Se houver marcadores utilizados apenas uma vez, isso pode indicar que trata-se de um marcador específico demais. Neste caso, é melhor eliminar esse marcador e colocar outro que possa ser utilizado em outro artigo. Se houver outros que foram utilizados em metade ou mais de seus artigos, pode indicar que ele é genérico demais e deve ser dividido em outros.

3. Como definir em que posição os marcadores serão exibidos no artigo?

Algo que muitos desconhecer é que o Blogger permite que você mesmo configure em que posição os marcadores serão exibidos em seus artigos. Você pode definir que eles sejam exibidos no cabeçalho ou rodapé do artigo – ou mesmo escolher para que ele não seja exibido.

Essa definição é feita na área de “Configurações”/”Layout” do blog, clicando em “Editar” no gadget “Postagens no Blog”.

É necessário que a caixa “Marcadores” esteja marcada e que, na área inferior dessa tela, ela seja arrastada para o local desejado.

Em caso de dúvidas, o artigo Defina o que Será Mostrado com seus Artigos mostra mais detalhes sobre este assunto.

4. É interessante exibir a lista de marcadores no blog?

Esta pergunta não tem uma resposta unânime. Há autores que defendem que deve ser exibida uma lista de marcadores aos leitores, enquanto outros acham que isso é desnecessário pelo fato dos marcadores já estarem acessíveis pelos próprios artigos.

Particularmente, prefiro exibir os marcadores. Acredito que seja mais uma forma útil para o visitante encontrar o artigo que procura (ou mesmo encontrar mais informações sobre um determinado assunto).

O Blogger oferece um gadget pronto exibir os Marcadores, justamente com esse nome. Caso você tenha dúvida para inserir um gadget, sugiro a leitura do artigo Como Adicionar Gadgets em seu Blog.

Na tela seguinte, você deve definir as configurações desejadas para a exibição de seus Marcadores. Veja após a figura a explicação e minhas considerações sobre cada item:

  • Mostrar (Todos os marcadores / Marcadores selecionados) – Nesta opção, você informará se quer mostrar todos os seus marcadores, ou apenas alguns deles. Eu prefiro a opção para mostrar todos.
  • Classificação (Em ordem alfabética / Por frequência) – Aqui, você define se os marcadores serão exibidos em ordem alfabética ou de acordo com o seu uso. Se você escolher a segunda opção, serão exibidos primeiro os mais utilizados.
  • Exibir (Lista / Cloud) – A exibição de lista é a forma tradicional, um embaixo do outro. A exibição em “cloud” (ou “nuvem”) é a forma que prefiro utilizar. Ela mostra os marcadores em um único grupo, deixando em fonte em tamanho maior os utilizados com maior frequência. Como exemplo, veja meu gadget, na coluna lateral direita.
  • Mostra o número de postagens por marcador – Marcando esta opção, será exibido o número total de artigos na frente de cada marcador. É uma opção interessante, especialmente para você validar se escolheu bem seus marcadores e se não há marcadores específicos demais.

5. Onde mais posso utilizar os marcadores?

Além de exibir os marcadores nos artigos e no gadget, há ainda outros locais em que você pode utilizá-los. Isso porque o endereço para cada marcador do seu blog é bem simples e segue uma mesma ideia: Clique em qualquer marcador e você notará que sua estrutura é sempre a mostrada abaixo:

endereço_seu_blog/search/label/marcador

Por exemplo: os artigos com o marcador SEO no Gerenciando Blog podem ser acessados pelo link http://www.gerenciandoblog.com.br/search/label/SEO.

Assim, você pode utilizar os marcadores onde achar conveniente, de acordo com sua necessidade e criatividade:

Você pode citar os artigos de um mesmo marcador durante o texto de seu artigo. Por exemplo: “Veja todos os artigos que já escrevi sobre SEO”.

Você também pode criar itens no menu do seu blog para dar acesso rápido ao seu visitante a artigos sobre marcadores importantes. Se você ainda não tem um menu, sugiro a leitura do artigo Como adicionar um menu ao seu blog.

Conclusão

Espero ter conseguido mostrar com este artigo a importância que os marcadores têm para a organização dos seus artigos e a melhor forma para você utilizá-los em seu blog. Seu uso correto será muito importante para que os visitantes encontrem artigos interessantes em seu blog, fidelizando-os e diminuindo sua Taxa de Rejeição.

Tags | , ,

16

maio
2012

Sem Comentários

Em Blog

Por Allison

7 dicas para ter um site fácil de usar

Em 16, maio 2012 | Sem Comentários | Em Blog | Por Allison

Fonte: CriarSites

Este é um guest post escrito por Tiago Azevedo que bloga no Internetar.

Construir um site útil pode parecer difícil em tempos de tantos sites que vão na contramão. Aqui está um guia rápido para ajudá-lo em seu trabalho.

1. Conteúdo é quase tudo

Para ter seu site listado adequadamente nos mecanismos de buscas (leia: Google) o conteúdo precisa ser útil e otimizado. Desta forma, ele é lido pelos motores de busca. Seu conteúdo também precisa ser único.

2. Use corretamente o título e as tags

Estas são as duas marcas mais importantes quando se trata de referenciar o conteúdo da página. Palavras chaves podem ajudar e muito no bom posicionamento da página nos resultados de busca. As tags que falo não são aquelas das quais muitos abusam beirando ou ultrapassando os limites do Black Hat SEO, mas sim as palavras-chave usadas normalmente no texto, mas com mais atenção do que o normal.

3. Boa formatação

É muito importante usar em seu conteúdo itálico, negrito, listas, etc. Conteúdo bem formatado faz suas páginas mais acessíveis aos visitantes, mas aos motores de busca também. Visitantes verão sua página por completo (ok, nem todos), em vez de lê-la, por isso faz sentido formatar sua página para que ela possa ser pesquisado, lida sem complicações e ainda assim transmitir a sua mensagem.

4. Código limpo

Padrões da Web mudaram substancialmente ao longo dos anos e é importante se certificar de que suas páginas possuem HTML e CSS válidos. Pense nisso desta maneira. Qual a eficácia que você poderia obter – no seu ponto de vista – se você estivesse falando em hebraico pra leitores brasileiros? Seu código não é diferente. Por que tornar difícil a busca e a leitura dos robôs para indexar seu conteúdo?

5. Não usar flash

Animação em flash serve apenas para distrair os visitantes e dificultar que eles encontrem seu site na web. Leitores geralmente não querem imagens piscantes, sons e efeitos visuais em 3D logo de cara. O Flash também cria grandes problemas para ser corretamente indexado. Não há caminho para que os motores de busca possam extrair o conteúdo de seu site quanto tudo está contido em swf. Se você absolutamente deve ter uma página flash é imperativo oferecer uma versão html também.

6. Conteúdo agradável aos olhos

Os elementos gráficos desempenham um grande papel em um design de site também. Você precisa ter certeza de não expor quaisquer contrastes extremos entre as cores e nunca use cores muito brilhantes que chegam a fazer os olhos doerem. Seu logotipo ou marca deve ser claramente visível na página inicial e em mais de um lugar.

7. Facilidade de encontrar páginas básicas

Garanta que seja fácil para o visitante do seu site encontrar páginas básicas de qualquer site como políticas de privacidade, página de contato, Sobre e etc. Deve ser muito fácil entrar em contato com você para fazer todas as perguntas que seus visitantes possam ter.

Tags | , ,

13

maio
2012

Sem Comentários

Em Blog
Wordpress

Por Allison

Como destravar o painel do WordPress após a instalação de um plugin com problema?

Em 13, maio 2012 | Sem Comentários | Em Blog, Wordpress | Por Allison

Fonte: Celso Lemes/CriarSites


Se você é um blogueiro assim como eu, pode acontecer de um belo dia você tentar acessar o painel de controle do WordPress para escrever mais um post e perceber que o painel não está acessível, exibindo uma mensagem de erro ou uma página em branco.

Eu mesmo já tive este tipo de problema algumas vezes e penei para descobrir a solução, inclusive a ideia de escrever este artigo veio depois que um comentarista pediu ajuda sobre isso nos comentários recentemente.

Esse tipo de problema geralmente acontece depois da instalação de algum plugin ou mesmo após algum tipo de configuração no blog. Pode ser que o plugin seja incompatível com outro plugin já instalado, com a versão do WordPress, com o template ou mesmo com a hospedagem, fazendo com que o painel de administração ou o blog todo deixe de ser carregado ou apresente erros no carregamento.

Como resolver o problema

A solução para isso é relativamente simples, basta acessar o servidor em que o blog está instalado via FTP e renomear o a pasta do plugin suspeito ou da pasta plugins, fazendo com que todos sejam desativados automaticamente.

Abaixo você pode conferir a pasta plugins sendo renomeada com a ajuda do FileZilla.

Feito isso, basta acessar novamente o painel de administração e ir até a aba plugins, que irá mostrar uma mensagem dizendo que os plugins foram desativados. Depois é só voltar o nome da pasta para o que era antes e ativar os plugins, menos o que estava dando problema.

Não sei qual era o plugin com problema, o que faço agora?

Muita calma nesta hora. Uma boa forma de descobrir o plugin incompatível é ativar um dos plugins que você acha ser o suspeito e fazer um teste para ver se está tudo ok, se não tiver problema, ative outro e continue o processo até descobrir qual deles não se deu bem com seu blog.

Depois que descobrir o plugin problemático, verifique se ele não tem alguma atualização no próprio painel do WordPress. Pode ser que com a atualização o problema se resolva, mas caso não tenha, recomendo que você procure por um plugin alternativo.

Gostou deste artigo? Então deixe um comentário e não se esqueça de divulgar nas redes sociais.

Tags | , , ,

10

maio
2012

Sem Comentários

Em Blog

Por Allison

Dicas de organização para gerenciar diversos Blogs

Em 10, maio 2012 | Sem Comentários | Em Blog | Por Allison

Fonte: CriarSites

Este é um guest post que foi escrito por Vinicius Horta do blog Dinheiro Web.

Se trabalha com mais de um blog possivelmente já deve ter notado que além do fator tempo, o fator organização também é extremamente importante para que tenha condições de gerenciar diversos blogs simultaneamente. Aqui vou passar algumas dicas que eu utilizo em meu dia a dia e que estão funcionando muito bem, claro que deverá adequar estas dicas a sua rotina, afinal o que funciona para mim talvez não funcione para você.

Rotina, esta é uma palavra que assusta muitas pessoas, mas se pretende manter diversos projetos de sucesso online vai ter que não apenas gostar de rotina, mas a ver como uma grande solução para seu dia a dia!

É fundamental estabelecer uma série de rotinas que devem ser feitas dentro de determinados horários, tais como checar e-mails, responder comentários, fazer pesquisas, escrever novos conteúdos, etc. Monte sua rotina, ESCREVA sua rotina em algum lugar que fique fácil de ver e a siga!

Controle de Tarefas nos Blogs

Quando se possui 1 blog já da para notar a quantidade de tarefas que este gera, agora imagine cuidar de 6, 7, 8…. 12 … 16 blogs? É realmente muita coisa a ser feita e sem um controle rigoroso a chance de tudo se desorganizar é muito grande, tudo deve ter seu controle, principalmente as atualizações, quando se está gerando conteúdo para diversos blogs é muito fácil simplesmente esquecer de algum blog. (eu já fiz isso 🙁 ).

Tenha uma planilha (pode ser a do Google Docs que é ótima), nesta planilha crie uma coluna para cada blog, cada uma das linhas deve representar um dia, com isto fica muito fácil visualizar como andam as atualizações dos blogs, fica algo como a imagem a seguir:

Para manter uma tabela como esta é importante sempre que publicar (ou agendar) um novo artigo em algum blog imediatamente já atualizar a tabela e aproveitar para ver qual será o próximo blog a ser atualizado. Claro que não estou dizendo para fazer exatamente como está nesta tabela com 6 artigos por dia, mas poderá ir intercalando, o que é importante na tabela é que terá como visualizar de forma clara como andam as publicações e ter um controle exato.

SEO para diversos Blogs

Esta é mais uma das vantagens de se ter diversos projetos, é possível traçar estratégias de SEO (Search Engine Optimization) tanto de forma individual em seus blogs como também é possível traçar algumas estratégias de forma global, mesmo que os blogs sejam de nichos diferentes.

Mais uma vez poderá utilizar uma planilha para lhe ajudar a traçar a estratégia de forma global, para isso mais uma vez crie a tabela com uma coluna para cada blog, nas linhas deverá fazer a distribuição de palavras-chave âncora.

Certamente já possui uma lista com as principais palavras chave do blog e de alguns artigos de maior destaque, o que precisa fazer aqui é olhar em quais outros blogs cada uma destas palavras talvez possa ser utilizada em artigos mantendo a naturalidade dos textos. Com esta lista em mãos poderá até mesmo utilizar algum plugin para gerar os links de forma automática!

Isto tudo da muito trabalho para ser feito, mas se feito com paciência certamente terá ótimos resultados com seus blogs e mais facilidade para trabalhar com diversos blogs simultaneamente.

Tags | , ,

09

maio
2012

Sem Comentários

Em Blog
Wordpress

Por Allison

Como fazer seus comentários aparecem destacados no WordPress

Em 09, maio 2012 | Sem Comentários | Em Blog, Wordpress | Por Allison

Fonte: Celso Lemes/CriarSites

Na maioria dos templates para WordPress é possível o administrador do blog publique comentários destacados, que aparecem em uma cor diferente dos demais comentários, geralmente na cor azul claro, o que permite que os leitores escaneiem rapidamente para saber quais são os comentários do administrador/dono do blog.

Além de destacar os comentários do administrador, isso ajuda a dar mais credibilidade e reforçar sua imagem, o que pode trazer bons resultados a longo prazo. Confira a imagem abaixo que mostra como os comentários destacados aparecem aqui no CriarSites.com

Se no seu blog os seus comentários não estão aparecendo destacados, pode ser que esteja cometendo o mesmo erro que eu. Acontece que eu sempre respondo aos comentários deixados no meu blog a partir do próprio gerenciador de comentários do WordPress e não sei porque cargas d’água eles não são exibidos destacados.

No entanto, quando eu deixo um comentário diretamente no post, como se fosse um visitante qualquer, eles aparecem em destaque. Portanto, a solução é simples, basta comentar diretamente no post.

É claro que este problema também pode estar relacionado ao template que pode ser muito antigo e ainda não tem o recurso de destaque nos comentários. Se este for o seu caso, a melhor solução será mesmo trocar o template por um mais novo, que pode oferecer este e outros recursos interessantes, como ser mais amigável para os buscadores.

Tags | , ,

01

maio
2012

Sem Comentários

Em Blog
Wordpress

Por Allison

Cinco motivos para você escolher o WordPress

Em 01, maio 2012 | Sem Comentários | Em Blog, Wordpress | Por Allison

Fonte: Criarsites

Este é um guest post escrito por André Luis que escreve no blog PC Web.

Todas as pessoas quando vão criar o seu primeiro blog ficam com aquela dúvida: Qual plataforma eu vou escolher para o meu blog? Essa escolha de plataforma tem que ser bastante pensada, pois se no futuro você quiser fazer uma migração para uma outra plataforma, será um pouco trabalhoso, e dependendo do caso, você perderá algumas informações importantes, como os uploads de imagem, alguns comentários, tags e várias outras coisas que se perdem em uma migração de uma plataforma para outra, por exemplo, do Joomla para WordPress.

Pois bem, como a maioria do pessoal aqui já perceberam, eu sou um fanático pela plataforma WordPress, eu aconselho ela a todos os blogueiros por causa de alguns fatores que a tornam simples de se usar. É ele que eu utilizo em meu blog PC Web e no meu recente blog de imagens o Imagens Top e também é utilizado aqui no Criar Sites. Veja agora cinco fatores que ajudarão você a escolher a plataforma WordPress para o seu blog.

É um script Open Source (Código Aberto)

Olha que maravilha, você ter um script de blog em código aberto, isso fará com que você seja “praticamente” o dono desse script, pois você tem a total liberdade para editar ele completamente e adequá-lo ao seu gosto. Você tem a liberdade de executar o programa, para qualquer finalidade. Você tem acesso ao código-fonte, a liberdade de estudar como o programa funciona e a liberdade de alterá-lo para ele fazer o que você desejar. Você tem a liberdade de redistribuir cópias do programa original para ajudar ao seu próximo.

Você tem a liberdade de distribuir cópias de suas versões modificadas para os outros. Ao fazer isso você pode dar a comunidade toda a oportunidade de se beneficiar de suas alterações. Você não gostou de alguma coisa que veio como padrão? Então que tal editar? Você tem liberdade com o WordPress, edite-o, modifique-o, adapte-o ao seu gosto! Nada o impede de fazer mudanças nele! Nada!

Não se impressione em saber que alguns portais gigantescos espalhados pela internet foram criados utilizando o WordPress.

Possui um grande número de temas grátis

Sem dúvidas o WordPress é uma das plataformas que possui o maior número de temas grátis, devido ao seu alto grau de facilidade na edição do código fonte, tornando assim a edição do layout do blog muito mais simples de se fazer. Para você que não sabe o que é um tema, nada mais é do que a “aparência do blog”.

O WordPress possui em seu painel de controle uma busca por temas, ao qual você informará apenas o “tipo de tema” que você quer e automaticamente ele mostra os milhares de resultados de temas sobre esse tipo escolhido, e o melhor de tudo, você não precisará nem ao menos baixar, por que os temas escolhidos no painel de controle do WordPress serão automaticamente instalados em seu blog, em apenas alguns cliques.

E o que mais impressiona, é que a comunidade WordPress é constituída de pessoas legais, ao qual sempre postam ou vendem a preços muito baixos os mais variados temas. E olha que só aparece temas bonitos. A equipe que desenvolveu o WordPress pensou exatamente em todas as pessoas, pois até mesmo aqueles que estão começando agora na área de blogs, conseguem com facilidade modificar todo o código fonte do script.

Possui um grande número de plugins

Da mesma forma que os temas, no painel do WordPress possui uma busca por plugin grátis. Para você que não sabe o que é um plugin, de uma forma resumida, são alterações ou complementos que surgem de uma necessidade por parte do criador em seu blog. Existem vários tipos de plugin (que são modificações) criados e disponibilizados no próprio servidor do WordPress (o que eu falei sobre ser fácil de editar?). E os mesmos podem ser instalados em apenas alguns cliques, utilizando o próprio painel do WordPress. Da mesma forma que os temas, você não precisará baixar absolutamente nada, uma vez que o sistema é todo automático.

Possui um dos mais fáceis painel de Administração

Sem dúvidas o painel de Administração do WordPress é o mais fácil de utilizar e fazer alterações, uma vez que o mesmo deixa tudo muito claro sobre todas as configurações disponíveis no painel. E se algo der errado? Não se preocupe que você fará apenas a configuração reversa a que você fez que tudo voltará ao normal. Depois de ter visto os painéis de Administração dos mais famosos sistemas de blogs, o do WordPress (na minhã opinião) foi o mais fácil de ser configurado. Qualquer pessoa que nunca instalou um blog na vida, conseguirá facilmente instalar e configurar o WordPress tranquilamente. Basta apenas saber ler 🙂

Controle de usuários

Nunca vi em toda minha vida um painel de controle de usuários cadastrados mais simples e eficaz. Pois o mesmo possui apenas as informações necessárias que devemos saber sobre os nossos usuários cadastrados. Apenas 5 ou 6 informações sobre cada usuário já é o suficiente para termos uma noção sobre quem possa ser cada um deles. Nada de endereço, cep, nome completo, CPF e demais informações, pois ninguém quer estar informando em vários sites os seus dados pessoais.

Existe várias outras funcionalidade que fazem do WordPress uma das melhores plataformas do mundo para blogs. Mas creio que essas informações já ajudarão todos aqueles que estão indecisos sobre qual plataforma escolher para seu blog. Posso dar uma dica? Escolha o WordPress, você não irá se arrepender.

Tags | , , ,

28

abr
2012

Sem Comentários

Em Blog
Redes Sociais

Por Allison

Dicas para ter as Redes Sociais a favor do seu Blog!

Em 28, abr 2012 | Sem Comentários | Em Blog, Redes Sociais | Por Allison

Fonte: CriarSites

Este é um guest post que foi escrito por Vinicius Horta do blog Dinheiro Web.

Hoje em dia é praticamente obrigatório para o blogueiro estar presente nas redes sociais, e realmente é possível ter um grande retorno tanto em tráfego como também de boas oportunidades profissionais que surgem a todo instante nas redes sociais, mas para que tenha o melhor aproveitamento possível é preciso observar alguns pontos.

Um primeiro passo para iniciar sua divulgação nas redes sociais é relativamente delicado, pois deve estar presente nas redes, porém sem que tome demasiadamente seu tempo, pois se ficar sem tempo não terá conteúdo para divulgar! Uma das estratégias que venho utilizando e que está apresentando bons resultados é no início do dia definir em que horários estarei nas redes sociais e por quanto tempo me dedicarei a elas. Mas nisto tem um “truque” para que não pareça algo demasiadamente profissional:

Estipule horários aleatórios, desta forma não haverá um padrão. A mente humana possui muita facilidade para reconhecer padrões, tudo que é excessivamente padronizado acaba gerando desinteresse.

Nas Redes Sociais, trabalhe, mas seja você mesmo!

Para que tenha bons resultados ao divulgar seu blog nas redes sociais é preciso ter foco de que está ali para divulgar, ou seja está trabalhando, por outro lado não devemos ser muito formais, é importante agir com naturalidade para criar empatia com os seguidores de seu blog.

Se trabalhar excessivamente sério acabará perdendo a grande oportunidade de interagir com seus leitores, esta interação é justamente uma das coisas mais atrativas, pois é através disso que terá um feedback de seu trabalho.

Vez por outra quebre a imagem de uma relação “blogueiro – leitor”, tore-se um contato de rede social, faça uma piada, compartilhe outros conteúdos interessantes, inclusive de outros assuntos, não é porque escrever sobre criação de blogs que não poderá compartilhar uma notícia ou mesmo uma tirinha que seja engraçada.

Quanto mais natural for esta relação entre você e seus contatos maior tende a ser o retorno em um “call to action”, isto ocorre porque as pessoas já estarão acostumadas a de certa forma responder suas solicitações, por exemplo:

  • Você entrou pela manhã e compartilhou uma boa notícia (seu contato leu e curtiu.
  • Entrou após o almoço e compartilho uma tirinha, seu contato gostou e compartilhou.
  • Ao meio da tarde você entrou mais uma vez e fez algum comentário interessantes de forma a fazer com que seu contato concorde com o que disse.

Pronto, o terreno está preparado, pode compartilhar o link de seu post que seus contatos irão ler! Isso porque na verdade esteve ao longo do dia dando sugestões hipnóticas para seus contatos, é uma questão de condicionar a mente, o que está sendo usado aqui é um padrão hipnótico de Milton Erickson, que pode ser utilizada de forma intensa e imediata como também pode ser utilizada ao longo do dia, semanas, meses ou até mesmo anos, mas quanto maior o intervalo de tempo entre cada sugestão maiores terão que ser suas habilidades.

Crédito da imagem de Fotolia
Veja a seguir um trecho retirado de um artigo de Anderson Chipak e publicado aqui mesmo no Criar Sites, que é justamente o trecho que utilizei aqui como exemplo. Para conhecer todos os outros padrões do artigo basta ver em Guia Completo de Hipnose e Marketing.

13 – fato, fato, fato, e…

Essa é uma das sequências mais eficazes da hipnose. Após uma série da afirmações comprovadas, você faz uma sugestão que terá uma chance maior de ser aceita, assim como as demais.

Esteja atento a seus contatos sempre que possível, pois da mesma forma que você está nas redes sociais para ter atenção dos seus contatos curtindo e seguindo seu blog, muitos de seus contatos também estão fazendo exatamente a mesma coisa.

Tags | , ,

28

abr
2012

Sem Comentários

Em Blog
HTML

Por Allison

HTML5 – O que vai mudar em seu Blog ou Site?

Em 28, abr 2012 | Sem Comentários | Em Blog, HTML | Por Allison

Fonte: CriarSites

Este é um guest post que foi escrito por Vinicius Horta do blog Dinheiro Web.

O padrão atual do HTML já não era atualizado desde 1999, isso mesmo, o HTML passou mais de 10 ANOS sem ter uma reestruturação. Organizações como a W3C e diversos desenvolvedores estavam mais focados em desenvolver o XML e também em fazer melhorias no RSS Feed, mas enfim chegou a novidade, que certamente ainda trará muitas outras.

Entre diversos ganhos que se tem com o HTML5 vale ressaltar o ganho real com a semântica, visto que muitos sites são publicados sem nem ao menos as devidas classes (class) e ids para as divs, o que resulta em maior dificuldade para que seu conteúdo seja devidamente indexado.

Com o HTML5 há Maior Clareza sobre o Código

Antigamente era mais complexo de “mostrar” para o buscador e também para o navegador o que era o que dentro de um site, mas isto agora vai mudar devido a novas tags do HTML5, como por exemplo <header> <footer> <article>, que são facilmente compreendidas pelos buscadores, assim dando a devida importância para cada área.

Também há outras novidades com APIs gráficas através da novidade <canvas>, que é algo interessante para imagens 2D, pois embora ainda não plenamente desenvolvido talvez futuramente seja a solução para a correta indexação de imagens.

Ainda falando em indexação, sabemos que o Google segue os links do menu, para isso o HTML5 também já possui seu elemento específico que é <nav>, vale lembrar que quanto melhor seu blog “falar a língua do buscador” melhor ele tende a ser indexado.

Outro grande dilema no desenvolvimento também era o momento de distribuir as tags H1 até H6, pois a repetição de determinada tag poderia enfraquecer o “poder” da próxima entre outros problemas, mas isso também estará resolvido com <section>, que são marcadores para “partes” distintas do site ou blog. Desta forma poderá estruturar seu código de forma a uma área não interferira em outra!

O que Significam estes novos Elementos do HTML5?

Mesmo a nomenclatura já sendo bastante sugestiva de para que serve cada um dos elementos, segue aqui uma breve lista com os principais elementos com os quais vai começar a se deparar pela web e também a usar em seus blogs e sites.

  • Header <header>: Este elemento define o cabeçalho de seu site em HTML5.
  • Nav <nav>: este elemento define a área de navegação, com menus e links importantes do site.
  • Article <article>: é o conteúdo propriamente dito que deverá ir nesta área, como os posts do blog por exemplo.
  • Section <section>: irá definir uma seção do layout, que trabalha de certa forma de maneira independente, podendo até mesmo conter um header e um footer.
  • Aside <aside>: este é outro interessante elemento que serve para envolver conteúdos que sejam diretamente ligados ao conteúdo do blog, como por exemplo a sidebar ou mesmo um menu lateral.

Entendendo o Poder da <section>

Para ficar mais claro como se pode utilizar a <section> de forma a distribuir melhor a autoridade de cada elemento em separado dentro do blog fiz esta imagem:

Repare que são estrutura independentes para o código, ou seja, o H1 do título do blog não irá interferir no H1 do título do post, assim cada qual terá seu grau de relevância correto para os buscadores.

Ainda falando em section poderia por exemplo ter um footer no section do post, desta forma poderia até inserir elementos de certa relevância como artigos relacionados. (o que também pode ser feito com aside).

HTML5 Grátis no WIX!

A Wix é uma empresa que vem crescendo a passos largos, antigamente fazia apenas sites gratuitos em flash, mas a grande novidade é que agora é perfeitamente possível fazer um site de ótima qualidade em HTML5 na Wix sem saber nada de HTML. Tudo é feito com recursos extremamente simples de arrastar e soltar.

Também vale citar que poderá fazer a otimização SEO para cada página do site de forma independente, isso também ajuda bastante! Para saber mais detalhes sobre os sites em HTML5 da Wix poderá ver em Criar um Site Grátis em HTML5 é com a Wix!

Tags | , ,

27

abr
2012

Sem Comentários

Em Blog

Por Allison

Como ser um Blogueiro mais produtivo?

Em 27, abr 2012 | Sem Comentários | Em Blog | Por Allison

Fonte: CriarSites

Este é um guest post que foi escrito por Vinicius Horta do blog Dinheiro Web.

Como em qualquer profissão ser produtivo é fundamental para ganhar dinheiro, para nós blogueiros isto não é diferente, quanto mais produtivo for maiores são suas chances de ganhos financeiros, porém a grande questão é como ser mais produtivo com um mesmo espaço de tempo?

Não importa o quanto tempo tem disponível para blogar, afinal isto tende a não ser alterado por certo tempo, a menos que já esteja na hora de sair do emprego e viver apenas de seus blogs (o que requer cautela), fora isto o tempo que terá para blogar será exatamente o mesmo, isto também se aplica a quem já trabalha integralmente com blogs, afinal o dia não deixará de ter 24hs rsrsr

Já que sabemos que não adianta buscar por mais tempo para blogar o melhor a fazer é otimizar o tempo que temos, isso ajuda a aumentar a produtividade, existem algumas coisas muito simples e que podem representar um aumento considerável na produtividade, veja algumas coisas que podem fazer uma boa diferença em seu dia a dia:

Para Escrever os Artigos do Blog de forma mais Produtiva

É natural que façamos algumas pesquisas antes de iniciar o artigo, algumas vezes acabamos escrevendo o artigo em paralelo a estas pesquisas, isto acaba nos tomando mais tempo, pois entre uma consulta e uma escrita temos que reler o texto para retomar a escrita.

Pesquise tudo de uma só vez, faça as anotações que julgar necessário. Após isto feche todas as abas do navegador e aí sim passará para a escrita, que fluirá muito bem, afinal está com a mente repleta de informações.

Ainda seguindo este método de fazer o artigo em etapas, apenas após terminar o artigo é que deverá pensar em imagens, pois este é outro erro frequente, o que nos leva a ter que reler para continuar escrevendo, afinal além do tempo de busca da imagem também há o tempo em que estará otimizando ela.

Esteja na Internet, Mas não Esteja online!

Grandes desperdiçadores de tempo são as redes sócias e o MSN, a cada vez que alguém entra em uma rede social e começa a conversar com um amigo lá se vai embora no mínimo uma hora do seu dia de trabalho no blog.

Uma hora é bastante coisa até para quem trabalha em tempo integral com o blog, o que dirá para quem tem pouco tempo!

Poderá estar nas redes sociais (afinal é preciso), mas esteja como Offline, o mesmo para o MSN, assim evitará perder tempo ou ter que ser indelicado com algum de seus contatos, até porque infelizmente uma minoria de pessoas respeita o status “ocupado” rsrsr

E você, o que faz para ser mais produtivo no blog?

Tags | , ,

26

abr
2012

Sem Comentários

Em Blog

Por Allison

A importância do foco para atingir os seus objetivos e o sucesso

Em 26, abr 2012 | Sem Comentários | Em Blog | Por Allison

Fonte: Iago Melanias/blogandocomfacilidade

Olá blogueiros, creio que todos nós já ouvimos falar sobre a importância do foco, e todos queremos fazer sucesso, certo? Mas fazer sucesso é muito mais que receber milhares de visitas. É preciso atingir o tão querido e esperado sucesso. Sucesso é um termo bem relativo, para muitos, ter 5 mil visitas não é nada, para outros, é um sonho. Procuramos sempre atingir os objetivos, procurar sempre ter metas e fazer o máximo possível para cumpri-las, como debatemos em “Quais São suas Metas para 2012?“. Mas falaremos mesmo é do foco nos seus projetos, a importância dele e por que investir e buscar sempre focar-se.

Dê foco no seu Nicho:

É extremamente importante focar no nicho, existem diversos blogueiros que se perdem no seu nicho e passam a publicar artigos que não tem relevância alguma dentro do blog deles. Artigos não causaram impacto e muito menos receberam uma quantidade razoável de comentários. E os mesmos autores insistem em publicar sobre aquele assunto, mesmo sabendo que não tem interesse algum para os leitores. Isso é desagradável. Muitas vezes, blogueiros passam a aderir a um novo nicho e perdem leitores aos montes.

Mudar ou acrescentar um nicho é algo que deve ser feito com muito cuidado, afinal, seus leitores estão acostumados a um determinado nicho, mudar ou acrescentar será um processo bastante estranho para eles. Por isso, evite desfocar do seu nicho ou simplesmente publicar sobre um determinado assunto que não tem muita relação, ao contrário que seja um assunto interessante ou polêmico.

Dê foco aos seus Objetivos e Metas:

É muito importante focar nos objetivos, é focando neles que consegue-se atingir melhores resultados e assim um melhor blog. É preciso estar sempre melhorando nossos blogs, e estabelecer o que precisa ser melhorado é essencial. Para isso, existem o conceito e traçar as metas e colocar na mesa o que precisa de mais atenção. Algumas das metas que precisam ser alcançadas para que se tenha um blog de qualidade e que faça sucesso:

  • Faça conteúdo qualificado.
  • Invista em um bom Layout.
  • Divulgue seu blog.
  • Interaja com seus leitores.
  • Faça Atualizações constantes (artigos diários).

Dê foco à qualidade de seus leitores.

No meu ponto de vista, o foco na qualidade dos leitores é um dos principais que você precista ter! A qualidade dos leitores é uma das principais metas para serem atingidas para criar-se um blog de qualidade. Não se pode dizer que um blog é de qualidade quando seus leitores abandonam a página em menos de 10 segundos. Quando a grande maioria não navega nem sequer uma página. Quando você publica mais e mais conteúdo relevante e não recebe sequer um comentário.

Afinal, por que o foco é tão importante?

Mas você se pergunta, qual a tão grandiosa importância do foco em nosso blog?

  • Para melhorar a qualidade do blog: É inevitável dizer, que no geral, o foco nos ajuda muito na qualidade do blog. Pode-se dizer que melhorar é um resumo completo para todas as modificações que o foco nos traz. É importante esquecer de todo o resto e procurar melhorar apenas um determinado ponto às vezes.
  • Para caminhar um maior percurso em menos tempo: Sempre há preocupações desnecessárias em nosso pensamento, e isso pode ser eliminado com a aplicação do foco em nossos projetos. Focar sempre em determinados pontos nos traz um maior retorno em menos tempo, e isso precisa ser usado como artifício para melhorar nosso blog.
  • Para organizar melhor as ideias: Outra consequência inevitável do foco é a organização de ideias. Quando conseguimos estabelecer uma melhor qualidade em nossos projetos utilizando o artifício do foco, conseguimos organizar melhor nossos projetos de forma notável. Passamos a valorizar melhor cada ponto de nosso blog e passamos assim a melhorar a organização de ideias, sem esquecer de algo ou deixar de lado ideias importantes e que merecem valorização.

– –

E você… Em que você está focado agora?

Agora queremos a sua opinião! O que você acha sobre a importância do foco? E qual o seu principal foco atualmente?

Tags | , ,

24

abr
2012

Sem Comentários

Em Blog
Wordpress

Por Allison

Faça alterações em seu WordPress, mas com Calma!

Em 24, abr 2012 | Sem Comentários | Em Blog, Wordpress | Por Allison

Fonte: CriarSites

Este é um guest post que foi escrito por Vinicius Horta do blog Dinheiro Web.

Assim que se passa o blog para uma hospedagem profissional abre-se um grande leque de possibilidades, tanto a nível de customização, plugins, otimização de desempenho, enfim, há um mundo novo a ser explorado pelo blogueiro que acaba de hospedar seu blog WordPress.

Isso pode acabar a levar este blogueiro a cometer alguns erros, que se notados na hora ótimo, poderá concertar rapidamente, porém o pior é quando o engano não é assim tão aparente, pois este pode passar longos períodos prejudicando seu blog sem que note isto.

Inicialmente já vale lembrar que em muitos casos vale que “menos é mais”, para seu blog WordPress isto é perfeitamente válido! Não exagere em nada, principalmente em recursos fornecidos por plugins, quanto mais conseguir soluções com um número menor de plugins melhor.

Outro dia uma amiga pediu para eu dar uma olhada no blog dela, vejam que encontrei dois plugins para redes sociais (entre muitos outros que por lá estavam), um para única e exclusivamente inserir um botão de compartilhamento do Twitter e outro da mesma forma para o Facebook. Não faz sentido ter dois processos diferentes executando uma tarefa, note que neste caso a tarefa é “compartilhamento em redes sociais”.

Troquei ambos os plugins por apenas um muito bom que é o AddThis, com mais de 350 opções de redes sociais para compartilhamento, assim terá menor esforço do servidor para um resultado muito superior!

Estude muito, mas Teste com Calma!

Quando se fala em WordPress é importante ter em mente que o estudo deve ser constante, novidades surgem a todo instante, quanto mais atualizado estiver melhor, porém se for colocar em prática no blog tudo o que for encontrando de novidades certamente em pouco tempo estará precisando de um servidor dedicado mesmo tendo poucas visitas, pois estará exigindo muito do servidor, isso sem falar que seu blog talvez não fique interessante ao leitor.

A cada novo teste que fizer no blog (por exemplo instalar um plugin que ainda não conhece) deve passar a observar o desempenho do blog e também os resultados práticos que o plugin está oferecendo, assim poderá avaliar se vale ou não a pena manter o plugin (ou qualquer outra alteração).

De um modo geral o período de uma semana de observação será suficiente para analisar o comportamento do blog com a novidade. Outra dica interessante é para quem possui mais de um blog, faça os testes inicialmente em um blog que ainda não tenha muitas visitas e apenas depois teste o plugin em um blog maior, isso pode evitar grandes dores de cabeça. Por outro lado lembre-se de que não é porque funcionou bem em um blog que o fará em outro, podem haver configurações e plugins diferentes, isso pode mudar tudo nos resultados.

Tags | , ,

21

abr
2012

Sem Comentários

Em Blog

Por Allison

3 formas de saber o que deve escrever no Blog!

Em 21, abr 2012 | Sem Comentários | Em Blog | Por Allison

Fonte: CriarSites

Este é um guest post que foi escrito por Vinicius Horta do blog Dinheiro Web.

Sempre focamos, tanto Celso Lemes, Rogério Gomes do WRG, eu no Dinheiro Web sobre a importância de escrever para os leitores, isso normalmente quando tratamos de temas relacionados a SEO (Search Engine Optimization), porém esta questão de escrever PARA o leitor pode ir além, que é desde o início ter este foco, ou seja, escrever aquilo que o leitor está procurando!

A grande questão é que nem sempre é assim tão simples saber o que as pessoas estão querendo saber, afinal dependendo do nicho isso pode ser inclusive a tarefa mais complicada, pois não é como procurar uma palavra-chave no Google Insight for search, é mais complexo, é o tema e ainda a forma como o tema será abordado!

Existem muitas formas de saber o que os leitores querem ler, mas aqui vou colocar 3 das quais considero mais simples de fazer e que dão ótimos resultados, pois um processo natura é que os assuntos tenham mais visitas.

Yahoo Respostas, uma Ótima fonte para Temas no Blog!

Através dos fóruns do Yahoo Respostas poderá encontrar as principais dúvidas dos leitores sobre os temas de seu nicho, poderá notar que algumas dúvidas são bastante recorrentes, ou seja, existem diversos tópicos criados sobre o mesmo tema, muitas vezes inclusive sem uma resposta satisfatória, eis uma ótima oportunidade!

Desta forma terá sempre uma grande quantidade de temas para abordar, com a vantagem ainda de posteriormente retornar ao Yahoo e responder sucintamente a resposta e deixar o link para o post para quem desejar maiores informações.

Eu utilizei o Yahoo respostas como exemplo, porém existem muitos outros fóruns de grande qualidade que também podem servir de fonte de assuntos a serem abordados no blog, existem inclusive alguns fóruns de nicho, isso pode ser uma grande ajuda para tornar seu blog conhecido em seu bicho.

Área de Comentários dos Blogs de seu Nicho!

Ser participativo nos blogs de seu nicho podem trazer inúmeros benefícios para seu blog, entre estes benefícios vale citar que estará lendo os comentários feitos por outros leitores e desta forma tendo um contato direto com suas dúvidas, isto é uma ótima oportunidade para fazer posts que serão realmente úteis para os leitores.

Litura recomendada: Agregue valor ao artigo quando for comentar em outros blogs.

Em seu próprio blog também poderá coletar ótimas ideias para novos artigos na área de comentários, nem sempre isto surge como um pedido explicito para que escreva sobre determinado assunto, porém se estiver atento poderá notar o que seus leitores estão procurando.

Peça sugestões de Artigos!

Esta talvez não seja a forma que trará a maior quantidade de temas, mas não custa nada tentar, que é realmente oferecer a seus leitores a possibilidade se sugerir artigos, como é feito aqui no Criar Sites, se olhar a barra de navegação poderá ver o link “Sugira um Artigo”, isto é duas vezes interessante!

É interessante por ser mais uma fonte de ideias para novos artigos, e também é interessante por fidelizar cada vez mais o leitor, afinal quem não gosta de ser participativo, de poder dar sua opinião?

Além destas formas de buscar por novas ideias existem muitas outras, como enquetes por exemplo, podem ser feitas diretamente no blog ou mesmo em sua página do Facebook, uma pergunta no Twitter, aí é realmente sua criatividade que manda!

Tags | , ,