Faça alterações em seu WordPress, mas com Calma!

Fonte: CriarSites

Este é um guest post que foi escrito por Vinicius Horta do blog Dinheiro Web.

Assim que se passa o blog para uma hospedagem profissional abre-se um grande leque de possibilidades, tanto a nível de customização, plugins, otimização de desempenho, enfim, há um mundo novo a ser explorado pelo blogueiro que acaba de hospedar seu blog WordPress.

Isso pode acabar a levar este blogueiro a cometer alguns erros, que se notados na hora ótimo, poderá concertar rapidamente, porém o pior é quando o engano não é assim tão aparente, pois este pode passar longos períodos prejudicando seu blog sem que note isto.

Inicialmente já vale lembrar que em muitos casos vale que “menos é mais”, para seu blog WordPress isto é perfeitamente válido! Não exagere em nada, principalmente em recursos fornecidos por plugins, quanto mais conseguir soluções com um número menor de plugins melhor.

Outro dia uma amiga pediu para eu dar uma olhada no blog dela, vejam que encontrei dois plugins para redes sociais (entre muitos outros que por lá estavam), um para única e exclusivamente inserir um botão de compartilhamento do Twitter e outro da mesma forma para o Facebook. Não faz sentido ter dois processos diferentes executando uma tarefa, note que neste caso a tarefa é “compartilhamento em redes sociais”.

Troquei ambos os plugins por apenas um muito bom que é o AddThis, com mais de 350 opções de redes sociais para compartilhamento, assim terá menor esforço do servidor para um resultado muito superior!

Estude muito, mas Teste com Calma!

Quando se fala em WordPress é importante ter em mente que o estudo deve ser constante, novidades surgem a todo instante, quanto mais atualizado estiver melhor, porém se for colocar em prática no blog tudo o que for encontrando de novidades certamente em pouco tempo estará precisando de um servidor dedicado mesmo tendo poucas visitas, pois estará exigindo muito do servidor, isso sem falar que seu blog talvez não fique interessante ao leitor.

A cada novo teste que fizer no blog (por exemplo instalar um plugin que ainda não conhece) deve passar a observar o desempenho do blog e também os resultados práticos que o plugin está oferecendo, assim poderá avaliar se vale ou não a pena manter o plugin (ou qualquer outra alteração).

De um modo geral o período de uma semana de observação será suficiente para analisar o comportamento do blog com a novidade. Outra dica interessante é para quem possui mais de um blog, faça os testes inicialmente em um blog que ainda não tenha muitas visitas e apenas depois teste o plugin em um blog maior, isso pode evitar grandes dores de cabeça. Por outro lado lembre-se de que não é porque funcionou bem em um blog que o fará em outro, podem haver configurações e plugins diferentes, isso pode mudar tudo nos resultados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *