Como blogar sem um computador

Este é um guest post escrito por Anderson Chipak que bloga no Como Criar Sites e Blogs.

Fonte: CriarSite

Escrever artigos, fazer SEO, ajustar o layout, gerenciar plugins, responder a comentários são todas atividades fundamentais para manter o bom funcionamento de um blog. Mas e se por acaso você ficasse sem o seu computador e sem acesso à internet, como poderia se desenvolver como blogueiro?

Ter um computador sempre disponível ajuda em muitos sentidos, o problema é que nossa mente costuma divagar quando estamos na frente dele. Mesmo que você esteja 100% focado, o simples fato de estar naquela posição já mostra para a sua mente que você está apto a fazer qualquer atividade que comumente faz. Ou seja, entrar nas redes sociais, no Analytics, no AdSense, fazer pesquisas no Google, fazer download, etc. Embora não pareça, isso atrapalha em um nível inconsciente. Nesse caso, para fazer certas atividades é muito melhor usar lápis e papel.

Eis algumas coisas que você pode fazer melhor sem um computador.

Pensar em idéias para seus artigos

Muitas vezes acreditamos que usando o Google Keyword Tools encontraremos todas as sugestões para nossos novos artigos. O fato é que essa é uma ferramenta e não pensa por si só. Se você simplesmente usar as idéias do Google Keyword Tools sem analisá-las, poderá perder o foco rapidamente devido à quantidade de idéias que ele traz. No final conseguirá escrever vários artigos, porém sem nenhuma ligação entre eles.

Uma alternativa são os mapas mentais feitos no papel. À partir de uma ideia central você chega a ideias secundárias de maneira mais eficiente do que se feito diretamente no computador.

Melhore seu estilo de escrita

Os livros antigos são conhecidos por serem mais concisos do que os livros publicados atualmente. Isso porque eles eram escritos à mão. Além de ser uma forma de manter o foco no texto, escrever à mão não favorece o ato de copiar e colar disponível no computador. Tudo é feito de maneira corrente de modo que você chega ao final do texto e seu maior trabalho é revisá-lo e transcrevê-lo para seu blog.

Essa parece uma idéia meio maluca, mas para testar faça o seguinte: supondo que você não tem conhecimento nenhum do idioma espanhol, pegue um texto escrito em nesse idioma e tente traduzi-lo diretamente no editor de texto de um computador. Qual é uma ação inevitável que vem à sua cabeça? Abrir o tradutor do Google. E o que isso gera? Perda de foco. Agora, tente traduzir esse documento no papel. Com algum esforço você captará a idéia principal do texto e escreverá com as suas próprias palavras.

Livre-se dos erros

Quando você escreve diretamente no papel, não se dá conta de um detalhe. Cada palavra que você escreve já está sendo automaticamente revisada pela sua mente. É muito difícil você escrever tão rápido a ponto de não notar que uma palavra está errada ou que falta uma virgula na frase. Para testar isso, faça o seguinte: escreva uma frase no papel e note se seu foco será outro a não ser cada palavra que está sendo escrita. Preste atenção em você mesmo e veja se sua atenção não fica maior aos detalhes enquanto escreve. Essa prática ajuda a evitar erros de português e auxilia a sua mente a gravar padrões que não é possível com um computador.

Livre-se das distrações

Um computador é o maior centro de distração que pode existir, quando conectado à internet. Mesmo que você desative todas as funções de notificação, comunicadores instantâneos, navegadores, etc., ainda estará tentado a usar algumas dessas funções. O próprio ALT + TAB pode tirar sua atenção. É claro que existem editores em tela cheia, mas você ainda estará em frente ao computador.

Isso não acontece com papel e caneta. Escreva um texto agora e veja se você sentirá vontade de entrar no Facebook? A não ser que o computador esteja do seu lado, piscando e fazendo barulho, acredito que a resposta seja não.

Concluindo…

Se você tem alguma dificuldade para se concentrar ou deseja melhorar suas habilidades ao escrever, recorra ao método mais antigo e simples: o lápis e o papel. Isso o ajudará a não mais perder o foco e escrever artigos com mais qualidade do que nunca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *