HP decide transformar o webOS em uma plataforma open source

Depois de muita indecisão, a HP bateu o martelo em relação ao futuro do webOS: ele será oferecido à comunidade open source. A empresa ainda estará envolvida com a plataforma para ajudar os desenvolvedores e auxiliar na governança para o webOS.

Em um press release, Meg Whitman, CEO da HP, afirmou que o webOS é a única plataforma concebida do zero para dispositivos móveis, conectada à nuvem e escalável. “Ao tomar essa decisão, a HP permite que a criatividade da comunidade open source avance para uma nova gerações de apps e de dispositivos”, acrescentou.

A HP gastou US$ 1.2 bilhões para adquirir a Palm e os recursos do webOS em abril de 2010, mas o investimento não valeu a pena. Levou mais de um ano para a empresa esquematizar e construir o tablet HP TouchPad com webOS, que nunca foi considerado um sucesso. Pelo menos não até o seu preço ser drasticamente reduzido a US$ 99, quando a HP decidiu deixar o setor.

Com o sistema operacional se tornando open source, pode haver um estímulo no mercado para a fabricação de telefones e tablets com ele, já que não será necessária uma taxa de licenciamento. Isso é parecido com o Android, mas o desafio para o webOS é o ecossistema. O Android se tornou a plataforma mais usada em smartphones até o momento, e os desenvolvedores estão construindo apps para ele, assim como para dispositivos com iOS. Nesse sentido, o ecossistema do webOS não é tão forte quanto os dos seus concorrentes.

Com informações de GigaOm

Fonte: IMasters

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *