Image Image Image Image Image
Scroll to Top

Topo

28

jul
2011

Sem Comentários

Em Blog

Por Allison

Até 2016, 2,1 bilhões de dispositivos móveis terão browser HTML 5

Em 28, jul 2011 | Sem Comentários | Em Blog | Por Allison

Cerca de 2,1 bilhões de dispositivos móveis terão browsers HTML 5 até 2016, apontou uma pesquisa realizada pela ABI Research. Em 2010, eram apenas 109 milhões. Enquanto a informação oficial da World Wide Web Consortium (W3C) é que o padrão HTML 5 não estará completo até 2020, a ABI Research acredita que 25 características atualmente em desenvolvimento vão se tornar amplamente utilizadas em intervalos variados dentro dos próximos três a cinco anos.

“Nós esperamos que as ferramentas HTML 5 em categorias como gráficos, multimídia, interação com os usuários, armazenamento de dados, entre outras, serão adotadas de forma massiva mais rápido do que se esperava. Nós falamos em um período de três a cinco ano”, afirmou Mark Beccue, analista sênior da empresa, em material publicado originalmente na Business Wire. “Haverá essa aceleração por causa da guerra entre os sistemas operacionais dos smartphones. Acredito que a Apple será a líder nesse processo de mudança e consequentemente a primeira a ser beneficiada.”

A vantagem competitiva da Apple decorre de visão e de sua falta de fragmentação. “A chave para o crescimento em HTML 5 é capacidades do navegador. A Apple vai desenvolver rapidamente as capacidades características para seus navegadores e será capaz de empurrar as atualizações para os seus dispositivos”, diz Beccue. “O Android não tem a capacidade de se mover tão rapidamente. Já a Blackberry tem uma quota de mercado, mas a sua base instalada de celulares com navegadores HTML5 é limitada.”

Uma característica importante do HTML 5, o vídeo, faz um papel importante em desafiar o popular software plug-in Adobe Flash Player. O recurso permitiria a transmissão de vídeo sem a necessidade de ativar um plug-in. Embora as discussões da indústria cheguem à conclusão de que o Flash não irá desaparecer, Beccue pensa diferente. “Eu acho que o desaparecimento do Flash está mais perto do que as pessoas pensam.”

Fonte: ItWeb

Redes Sociais

Tags | , , ,

Enviar um Comentário